Visitantes online : 954 sexta-feira, 25 de abril de 2014
Há 610 dias


24/04/2014 17:18
Nota da coluna de Ancelmo Gois; ao lado o doleiro Alberto Yousseff, preso na Operação Lava-Jato
Nota da coluna de Ancelmo Gois; ao lado o doleiro Alberto Yousseff, preso na Operação Lava-Jato


De tempos em tempos alguns políticos ficam sobressaltados com as ameaças de presos de grande quilate, que possuem listas dos seus parceiros de negócios. E como sempre os presos ou correndo o risco de prisão usam as listas para fazer ameaças de que não vão cair sozinhos. Foi assim com Carlinhos Cachoeira, com Fernando Cavendish, e agora com o doleiro Alberto Yousseff preso na Operação Lava-Jato. E claro, na lista de Yousseff tem gente do Rio de Janeiro.


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


24/04/2014 14:55
Reprodução do Radar online, da Veja
Reprodução do Radar online, da Veja


E se Lindbergh não conseguir melhorar nas pesquisas está arriscado a Lula passar longe do Rio.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [6] | |


24/04/2014 13:02
Beltrame no programa Encontro com Fátima Bernardes
Beltrame no programa Encontro com Fátima Bernardes


O secretário Beltrame, está ficando claro, largou de mão a segurança pública justamente no momento em que há uma explosão de violência no Rio de Janeiro. Hoje, pasmem, Beltrame foi para o programa de Fátima Bernardes para promover o romance que vai lançar em breve. Ele deveria era escrever um livro contando como virou delegado da Polícia Federal sendo reprovado no concurso; sobre o escândalo do contrato superfaturado de aluguel de viaturas da PM; sobre a agência clandestina de grampos que montou na secretaria; sobre como burlou a legislação para ganhar acima do teto constitucional; entre outras coisas. Mas preferiu escrever um romance com mentiras sobre a "pacificação". A esta altura do campeonato, do jeito que a violência se espalhou nas UPPs e por todos os cantos, o livro de Beltrame tem tanto valor quanto a obra lançada por Eike Batista dando a fórmula para ficar milionário. Mas o secretário deveria ter o bom senso de deixar para divulgar seu livro depois, e se preocupar mais com a violência que aumenta a cada dia vitimando inocentes como o dançarino DG.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [8] | |


24/04/2014 10:47
Viva Favela comemora êxito do GPAE do Pavão - Pavãozinho (2004 - Governo Rosinha)
Viva Favela comemora êxito do GPAE do Pavão - Pavãozinho (2004 - Governo Rosinha)


Tenho repetido aqui incontáveis vezes que não sou contra as UPPs, mas que é preciso uma ampla reformulação. Também já lhes mostrei que o embrião das UPPs foi o GPAE (Grupamento de Policiamento de Áreas Especiais), que implantei nas comunidades do Pavão - Pavãozinho, Cantagalo, Pereirão (Laranjeiras), Tavares Bastos (Catete), e em Niterói, nos morros do Estado e do Cavalão.

Há duas grandes diferenças entre os GPAEs, que eu criei, e as UPPs.

Primeiro que os GPAEs deram certo - ao contrário das UPPs - porque as comunidades receberam uma ampla cobertura social, através de programas de saúde, para a juventude, para a criação de negócios.

Por outro lado fiz o contrário de Cabral e Beltrame, não investi em propaganda e marketing da pacificação, até porque agi com responsabilidade, não quis enganar a população, era um programa que estava começando, não sabíamos se daria certo. E deu mais certo que as UPPs.


GPAE do Morro do Cantagalo em 2004
GPAE do Morro do Cantagalo em 2004


É claro que não tive o apoio da mídia, afinal não despejei milhões nos cofres da Globo como Cabral e Pezão. Por isso muitas pessoas não lembram do GPAE, e alguns, me perguntam se no caso de me eleger governador acabaria com as UPPs. É claro que não, afinal as UPPs têm solução e eu fui o pioneiro nesse caminho.

Mas para quem duvida das minhas palavras, nada melhor do que ler a matéria publicada pelo jornal O Globo (reproduzida online), no dia 4 de novembro de 2006, no final do governo Rosinha.

O Globo já naquela época me atacava e perseguia, mas sem citar a mim ou a Rosinha, fez uma reportagem que mostra a realidade que era o GPAE no Morro do Cavalão, em Niterói, onde na Páscoa ouve um intenso tiroteio que aterrorizou os moradores da comunidade e de Icaraí. Nesse caso específico, ninguém mais isento do que o jornal que já era meu adversário, para revelar o sucesso do GPAE criado no meu governo.

Não deixem de ler com atenção. Vocês vão ver tudo aquilo que hoje é cobrado para as UPPs, mas que funcionou com os GPAEs, que Cabral e Beltrame abandonaram para criar as UPPs, que ganharam uma novas roupagem e milhões em propaganda. Só que Cabral, Pezão e Beltrame não aprenderam a lição, ignoraram os investimentos sociais, só as UPPs ou GPAEs ou seja lá que sigla for criada, é elementar que não vai funcionar.

Mas para aqueles que me perguntam qual a solução para as UPPs, leiam a matéria do Globo, que uma parte do caminho está ali, a outra é investir nos policiais militares, no treinamento e nas condições de trabalho.


Reprodução do Globo on line
Reprodução do Globo on line


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [9] | |


24/04/2014 08:48
Manchete do jornal Extra
Manchete do jornal Extra


A cada dia menos pessoas caem na farsa da pacificação. As UPPs viraram os antigos DPOs essa é a verdade, com os mesmos problemas. Em compensação os programas sociais são inexistentes. A tendência - infelizmente - é só piorar. Tem que ser feita uma reformulação total no programa das UPPs. Esse caso do DG tem que ser apurado a fundo. Não vamos acusar antes de tudo ficar claro, apesar de familiares e moradores acusarem os policiais da UPP. Mas antes da morte do bailarino da Globo já estava havendo um enorme tiroteio, aliás, pelo segundo dia consecutivo. Ou seja, o Pavão - Pavãozinho e o Cantagalo não estão pacificados coisa nenhuma.

Daqui a pouco aqui no blog eu vou lhes mostrar como é que tem que ser feita a verdadeira pacificação. E vocês vão se surpreender, mas vão ver que o Globo concorda com a minha visão de pacificação. Aguardem!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [11] | |




23/04/2014 12:59
Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online


Vejam como estamos atrasados em matéria de internet. Países africanos como Nigéria e Quênia avançam mais rapidamente do que nós. A nossa internet é como uma carroça comparada com a de outros países. E acrescento alguns dados interessantes.

Segundo o IBGE , o Brasil tem 83 milhões de internautas, o que representa apenas 42,1% da população. O IBGE considera internauta quem nos três meses anteriores à pesquisa acessou a internet pelo menos uma vez. Já segundo o IPEA, apenas 41% das residências brasileiras possuem internet, no Sudeste são 51%.

Mas é bom observar que um outro levantamento feito recentemente mostrou que dos 83 milhões de internautas brasileiros, apenas 40 milhões são considerados ativos, os que utilizam a internet com regularidade.

Em matéria de internet ainda estamos na época da carroça, enquanto outros países andam em velocidade de Fórmula 1.


Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [10] | |


23/04/2014 10:42
Foto de André Couto
Foto de André Couto


Participei ontem do programa Expressão Nacional, da TV Câmara, apresentado pela jornalista Vania Alves onde o tema foi a adoção no Brasil, um tema que é muito caro, afinal eu e Rosinha adotamos cinco filhos.




 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |


23/04/2014 09:24


Assistam o bate-boca ontem no Senado entre Aécio Neves e Lindbergh Farias.




 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [28] | |


23/04/2014 09:07
Reproduções das capas do Extra, O Dia e O Globo
Reproduções das capas do Extra, O Dia e O Globo


Ontem, Copacabana viveu momentos de terror e guerra. Ainda tem muita coisa obscura, mas o fato é que mais uma vez a Zona Sul fica refém da violência. Aliás, a propaganda enganosa da pacificação cria situações absurdas. Um grupo de franceses chegou para se hospedar num albergue no Pavão-Pavãozinho porque ouviu falar que era um lugar completamente tranquilo e barato. Devem ter entrado em pânico com o tiroteio e a guerra que se seguiu.


Reprodução da Folha de S.Paulo
Reprodução da Folha de S.Paulo


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [23] | |


22/04/2014 18:52
Fotos de André Couto
Fotos de André Couto


Eu sei que amanhã é feriado no Rio de Janeiro e por isso vários parlamentares fluminenses estão enforcando os feriados. Mas fui eleito é para trabalhar pela população. Assim, hoje estou em Brasília, e participei de mais uma reunião deliberativa da Comissão Externa para apurar a prática de suborno de PETROBRAS.

Na reunião, aprovamos um requerimento de minha autoria que solicita ao COAF – Conselho de Controle de Atividades Financeiras, que seja informado se existe alguma movimentação financeira atípica do Senhor Júlio Faerman. Em seguida, cumprindo o roteiro de trabalho da Comissão Externa, fomos ao CGU (Controladoria Geral da União) e conversarmos com o ministro-chefe, Jorge Hage. Daqui a pouco, às 19h, seremos recebidos pelo presidente do TCU.

Espero que os órgãos de controle da União tenham de fato algo para acrescentar a essa Comissão.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [14] | |


22/04/2014 17:20
Foto de Igo Estrela
Foto de Igo Estrela


Nesta quarta-feira (23), a partir das 15h, no grande expediente da Câmara dos Deputados ocuparei a tribuna por 25 minutos para um discurso sobre um tema muito importante. O nosso blog transmitirá o discurso ao vivo, em tempo real.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


22/04/2014 16:05
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Diante do clamor e da revolta dos niteroienses com a escalada da violência, Pezão e Beltrame anunciaram hoje o reforço de 100 policiais para o 12º batalhão da PM, que cuida de Niterói e Maricá. Na verdade Beltrame é o grande culpado pela explosão de crimes em Niterói. E agora ele e Pezão enganam de novo a população niteroiense como se fosse uma grande melhoria no policiamento da cidade.

Querem ver a verdade que a imprensa não publica?

No governo de Rosinha o 12º BPM tinha um efetivo de 1.200 soldados, mais 200 homens nos GPAES dos morros do Cavalão e do Estado, mais 100 do GETAM (Grupamento Especial Tático-Móvel), portanto 1.500 homens. Hoje são apenas 800. Com mais 100 de "reforço" vai para 900. Continuará com 600 soldados a menos do que em 2006, há 8 anos, e notem que nesse período longo a população aumentou e a cidade cresceu.


Já disse aqui há mais de dois anos que para instalar as UPPs, Beltrame foi reduzindo os efetivos dos batalhões. Ele é o grande responsável por Niterói ser hoje uma cidade acuada pela violência.

Mas como vocês sabem eu não faço afirmações vazias, digo e provo. Abaixo reproduzo a prestação de contas sobre a atuação da PM em Niterói na gestão de Rosinha, feita coronel Wilton Ribeiro, que foi Comandante geral da PM no governo dela. Vocês vão ver o efetivo que existia em cada área de Niterói e a comparação com outubro de 2012, na gestão Cabral - Beltrame. Cliquem no link que os dados estão todos lá.

A explosão da violência em Niterói tem culpados com nome e sobrenome: Sérgio Cabral, José Mariano Beltrame e Luiz Fernando Pezão. Abandonaram o povo de Niterói para fazer marketing com UPPs. Essa é a verdade, com 500 soldados a menos do que há oito anos esperavam que acontecesse o que?


Reprodução do blog do Coronel Jorge da Silva
Reprodução do blog do Coronel Jorge da Silva


Clique aqui e leia na íntegra

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [10] | |


22/04/2014 12:07
Imagens de Pezão e do público no evento Louvorzão, na Quinta da Boa Vista (Reprodução do Facebook)
Imagens de Pezão e do público no evento Louvorzão, na Quinta da Boa Vista (Reprodução do Facebook)


A semana da Paixão de Cristo deste ano será inesquecível para Pezão. Recebeu a maior vaia da sua vida. A vaia que levou em São Gonçalo alguns dias antes foi fichinha perto da que recebeu do público evangélico no feriado.

Anualmente o empresário e deputado federal Arolde de Oliveira reúne evangélicos de todas as denominações para participar do Louvorzão, um evento musical na Quinta da Boa Vista. Milhares de evangélicos comparecem para ver e ouvir os mais de quarenta cantores de sua gravadora, a MK Music.

Não foi diferente este ano, segundo a Polícia Militar mais de 200 mil pessoas lotaram a Quinta da Boa Vista e tudo corria num clima de adoração, louvor até que o deputado Arolde convocou o governador Pezão para orar pelo Rio.

A multidão reagiu com uma vaia esplendorosa, tão contundente, que Pezão - abalado - falou menos que 10 segundos: "Quero pedir a vocês que orem pelo Rio" e jogou o microfone em cima de Arolde de Oliveira. O locutor da 93 FM, que apresentava o evento, diante do constrangimento e mal estar segurou o microfone e pediu ao povo que orasse para cessar as vaias. O deputado Arolde, profundamente desconcertado, disse que as autoridades devem receber as bençãos de Deus, e tome mais vaia para Pezão. Arolde ficou tão abalado que ficou afônico.

Pelo menos numa coisa Pezão já está em primeiro lugar, recebeu a maior vaia até agora, foram mais de 200 mil pessoas.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [21] | |


22/04/2014 10:47
Depois disse que assinou sem saber
Pezão não conseguiu explicar a armação
Pezão não conseguiu explicar a armação


A imprensa do Rio de Janeiro poupa Pezão, mas é bom relembrar as armações do governador. Em março de 2011 denunciei em primeira mão um golpe que Pezão deu quando estava como governador em exercício, porque Cabral estava na Europa (vide abaixo).

Como governador em exercício desapropriou uma casa em Barra do Piraí, que, olhem a coincidência, era da família de sua mulher. A casa era avaliada na época em no máximo R$ 200 mil, porém Pezão mandou pagar R$ 470 mil, um assalto aos cofres públicos. Importante destacar que o processo de desapropriação até o pagamento do dinheiro aconteceu em velocidade de Fórmula 1.

Quatro meses depois a revista Época fez uma matéria sobre a desapropriação e foi ouvir o então vice-governador. E conforme podem conferir abaixo, Pezão, na maior cara de pau que se tem notícia, disse que assinou a desapropriação, mas não sabia que a casa era da família da mulher. É esse "espertalhão", aprendiz de Cabral, que quer posar de bom moço. Se aproveitou seis dias em que ficou como governador em exercício para fazer essa jogada criminosa que beneficiou a família da mulher, imaginem agora nestes nove meses como governador.


Reprodução do Blog do Garotinho (CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR)
Reprodução do Blog do Garotinho (CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR)


Reprodução da revista Época
Reprodução da revista Época


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [11] | |


22/04/2014 09:48
Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247


Essa minha posição está mais do que clara. Eu não pretendo acabar com as UPPs. Só Pezão, desesperado, é que na falta do que falar anda dizendo em entrevistas, que os adversários dele querem acabar com as UPPs. O que Pezão diz não passa de terrorismo eleitoral, mas sem nenhuma consistência. Papo furado!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [6] | |


22/04/2014 08:55
Manchetes do Extra online e do Globo online
Manchetes do Extra online e do Globo online


Cabral já se foi, está na Europa. Beltrame quer ir embora, mas está passeando nos EUA. Pezão também está descansando e curtindo o feriadão. Deve estar cansado, afinal está como governador há 18 dias. Enquanto eles descansam, curtem a vida, passeiam, o povo sofre com o legado dos três.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [6] | |


21/04/2014 15:13
Reprodução do site do jornal O São Gonçalo
Reprodução do site do jornal O São Gonçalo

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [12] | |


21/04/2014 14:57
Reprodução da Veja Online
Reprodução da Veja Online


E através dessa resolução surgiu a farra dos grampos na Secretaria de Segurança Pública conforme já denunciei aqui no blog. Grampos ilegais para espionar adversários políticos viraram prática comum. A verdade é Beltrame montou uma central clandestina de arapongagem.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ProximoUltimo

Facebook

Envie sua idéia

Twitter

Câmara Federal

Vídeos

Destaques
Busca
Histórico
Links
Todos os Direitos Reservado
Fotos Anthony Garotinho