Visitantes online : 919 quinta-feira, 29 de setembro de 2016
29/09/2016 09:02
Marcelo Crivella; abaixo manchete do G1
Marcelo Crivella; abaixo manchete do G1


A pesquisa divulgada ontem pelo IBOPE não teve alterações na situação de Marcelo Crivella (PRB). Mas a disputa pela outra vaga no 2º turno está cada vez mais acirrada com Freixo e Pedro Paulo empatados numericamente, mas com Índio da Costa, Jandira Feghali e Flávio Bolsonaro em situação de empate técnico.

O resultado foi bom para Freixo que aumenta a diferença para Jandira. Com isso a tendência é Freixo se beneficiar do voto útil da esquerda. Mas foi ruim para Pedro Paulo porque o crescimento de Índio da Costa tira-lhe votos. Vai ser igual a páreo de cavalos, cabeça a cabeça até o final.


- Marcelo Crivella (PRB) - 34%
- Pedro Paulo (PMDB) - 10%
- Marcelo Freixo (PSOL) - 10%
- Indio da Costa (PSD) - 8%
- Jandira Feghali (PC do B) - 7%
- Flávio Bolsonaro (PSC) - 7%
- Osorio (PSDB) - 4%
- Alessandro Molon (Rede) - 1%
- Carmen Migueles (Novo) - 1%
- Cyro Garcia (PSTU) - 0%
- Thelma Bastos (PCO) - 0%
- Branco/nulo - 14%
- Não sabe/não respondeu - 4%


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


28/09/2016 20:08
Pedro Paulo ao lado da ex-mulher na coletiva onde pediu desculpas pelas agressões, que depois negou
Pedro Paulo ao lado da ex-mulher na coletiva onde pediu desculpas pelas agressões, que depois negou


A quatro dias da eleição Pedro Paulo não consegue subir, nem diminuir a rejeição. Por outro lado a reprovação à gestão de Eduardo Paes aumentou. E Marcelo Freixo parece estar se firmando como o candidato de esquerda mais viável. Isso pode criar um movimento de voto útil dos eleitores de Jandira Feghali e Alessandro Molon, que pode levar Freixo para o 2º turno. E os marqueteiros de Paes temem ainda uma mobilização nas redes sociais na véspera da eleição replicando o caso das agressões de Pedro Paulo. A verdade é que Pedro Paulo não conseguiu se desvencilhar das agressões, até porque se era para negar não deveria ter confessado e pedido desculpas. Isso virou uma mancha no seu currículo. Mas não se pode subestimar a máquina milionárias do PMDB, com o apoio dos governos municipal, estadual e federal.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


28/09/2016 17:28
Reprodução da Veja
Reprodução da Veja


Vai ser difícil Antonio Palocci explicar toda essa fortuna de R$ 31 milhões em contas apenas com consultorias. Não custa lembrar que em 2011, Palocci comprou um apartamento de luxo em São Paulo, que custou R$ 6,6 milhões (valor da época), hoje vale muito mais. No mesmo ano comprou um escritório na capital paulista de quase R$ 1 milhão.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


28/09/2016 17:01
Geddel Vieira Lima, Eliseu Padilha e Michel Temer
Geddel Vieira Lima, Eliseu Padilha e Michel Temer


O governo Temer na economia, pelo menos por enquanto, está agindo como quem receita um "chazinho" para um doente que está na UTI, até passarem as eleições e o Congresso voltar a trabalhar normalmente. O problema é que muito se fala na ampla base do governo, mas todo mundo sabe que terminado o 2º turno, deputados e senadores vão com tudo para cima do Palácio do Planalto querendo cargos e para recompor a correlação de forças no Congresso. Até dentro do PMDB há um grupo de cerca de 30 deputados insatisfeitos com o quinhão que lhes coube até agora no governo Temer. E quanto mais tempo passar sem se atacar o desemprego, a situação do governo piorará junto à opinião pública. Pela lógica da política quanto mais fraco estiver Temer, maiores são os pedidos dos parlamentares para votarem com o governo.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


28/09/2016 15:40
Reprodução do Extra online
Reprodução do Extra online


Conforme eu havia previsto no início do mês aqui no blog, Pezão prorrogou a licença médica. Mas está liberado pelos médicos. Pezão foi convencido por Cabral, Picciani e outros aliados a ficar mais um tempo "governando" paralelamente a Dornelles, de casa, pelo telefone. Dessa forma o desgaste da falência do Estado vai ficando com Dornelles. Pezão é mui amigo! E o nosso estado segue à deriva...

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [3] | |


28/09/2016 14:32
Reprodução da Folha de S. Paulo
Reprodução da Folha de S. Paulo


Pelos resultados das últimas pesquisas, Ibope e Datafolha, a eleição na capital paulista caminha para uma disputa entre João Doria (PSDB) e Celso Russomano (PRB). Marta Suplicy (PMDB) despencou e Fernando Haddad (PT) está em quarto. Marta foi para o PMDB achando que com a estrutura do partido se elegeria, mas está pagando o preço da reprovação de Temer, que a levou para o partido. E por sua vez o PT paga o preço do desgaste arrasador que enfrenta.




 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


28/09/2016 12:03


Conforme nosso blog afirmou ontem, o complô para derrubar nosso grupo político, que defende o povo, e colocar na Prefeitura de Campos um representante das elites envolve várias autoridades. Ontem avisei que mostraria provas do envolvimento do delegado Paulo Cassiano, da Polícia Federal, no esquema para desestabilizar o governo Rosinha, bombardeando nossos programas sociais. Vocês verão abaixo uma sequência de imagens que comprova o envolvimento direto do delegado da PF com a campanha de Rafael Diniz.

A primeira imagem é a mensagem que ele envia para sua lista de contatos de SMS onde diz que "a corrente do bem não para de crescer" e depois utiliza a expressão "Vai ser diferente!", que é o slogan da campanha de Rafael Diniz.




Ao ser informado por uma pessoa que recebeu a mensagem que se tratava do telefone do delegado Paulo Cassiano não acreditei. Liguei para um amigo que tem uma loja de telefones celulares, que tem acesso ao sistema, para saber se era possível descobrir o proprietário da linha. Aí vejam o diálogo abaixo.




Para não restar nenhuma dúvida que o delegado enviou esta mensagem, pois ele utiliza 4 chips de operadoras diferentes, conseguimos a data e a hora em que o telefone passou a mensagem. Vejam a imagem que confirma o dia e a hora em que o delegado da PF enviou a mensagem do telefone registrado em seu nome.




Isso é inadmissível dentro de uma democracia que alguém utilize uma instituição da seriedade da Polícia Federal para perseguir adversários políticos. O senhor Rafael Diniz e o delegado Paulo Cassiano devem explicar à população se fizeram isso com apoio de superiores da instituição ou estão violando o Estado Democrático de Direito. Além de representar contra o delegado junto à corregedoria de sua instituição e ao Ministério da Justiça, a quem está subordinado, pediremos providências urgentes à Justiça Eleitoral porque é impossível campanha equilibrada quando pessoas do Judiciário e da Polícia Federal se juntam para tentar usar o aparelho de Estado contra uma candidatura.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


28/09/2016 11:05
Reprodução do Extra online
Reprodução do Extra online


A simples sanção dessa lei já é uma "promessa" de que o Estado vai continuar atrasando pagamentos dos servidores. A partir de agora os servidores que pegarem empréstimo consignado não podem ser negativados em caso do Estado não pagar o salário. Mas o projeto de lei previa a extensão dessa garantia para aqueles que já pegaram empréstimos consignados e ficaram negativados porque o Estado não repassou as parcelas descontadas dos contracheques. Dornelles vetou esse artigo. Lavou as mãos para a situação de mais de 260 mil pessoas entre ativos e inativos que se encontram negativados por culpa do Estado. É inacreditável!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |


28/09/2016 10:09
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Vejam vocês a que ponto chegamos. É gravíssima essa situação denunciada pelo Globo. Candidatos têm que pagar para fazer campanha em áreas dominadas pelos milicianos. É a "taxa eleitoral" imposta pelo crime organizado diante da falta de segurança e da omissão do Estado. O mínimo que as milícias cobram de candidatos a vereador é R$ 15 mil. E as milícias ainda exigem dos candidatos cargos nos gabinetes dos que se elegerem. É uma afronta à democracia. Isso acontece principalmente na cidade do Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense. É o legado de Beltrame, que deixou as milícias tomarem territórios achando que dessa forma enfrentaria o tráfico de drogas. Acabou criando mais um monstro para aterrorizar a população.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |


27/09/2016 20:21
Fotos de Gerson Gomes
Fotos de Gerson Gomes


O que está acontecendo nas eleições em Campos é um escândalo. Confesso que já vi eleições que foram influenciadas por um ou outro fator de desequilíbrio. Mas o que está acontecendo em Campos chega a ser inacreditável. Envolve além da imprensa conservadora da cidade, representada pela Folha da Manhã, um delegado federal que ostensivamente tem feito campanha para o candidato das elites de Campos. E temos provas disso, como mostraremos amanhã, onde ele, através de seu telefone, pede votos para o candidato Rafael Diniz.

O terror tomou conta da cidade com prisões arbitrárias, como da secretária da Família, acusada de oferecer o Cheque-Cidadão a famílias pobres, que na verdade já existe há 8 anos. Absurdo o fato de um juiz que já teve pedida sua suspeição em quatro ocasiões estar à frente dessas medidas para causar pânico em boa parte do funcionalismo e criar pânico na população.

Hoje uma decisão chega a ser cômica. Incomodado porque o programa de rádio do Dr. Chicão ter chamado um candidato de "riquinho", sem citar seu nome, o juiz determinou a retirada da expressão "riquinho" de todos os programas eleitorais do nosso candidato. Parece que a ditadura voltou a Campos.

A rádio Diário FM está desde ontem fora do ar e só poderá retornar sua programação após a eleição, com a ridícula argumentação que durante o meu programa defendi as obras do governo Rosinha sem oferecer direito ao contraditório. Um detalhe: diversas emissora de rádio e o jornal Folha da Manhã criticam abertamente o governo Rosinha sem nenhum direito de defesa, e sem sofrerem nenhuma penalidade, muito menos uma punição tão extrema como tirar a rádio do ar.

Ontem o maior comício da história de Campos com quase 20 mil pessoas apoiando o Dr. Chicão foi uma demonstração que o povo da nossa cidade não vai se deixar intimidar pelos poderosos que querem tirar os seus direitos.

Este blog, a partir de amanhã, será uma tribuna de combate à injustiça que está acontecendo em Campos e às perseguições que têm sido a marca desta campanha contra o Dr. Chicão.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [14] | |


27/09/2016 18:43
Reprodução do blog de Lauro Jardim, do Globo
Reprodução do blog de Lauro Jardim, do Globo


Vejam a situação desigual na eleição do Rio de Janeiro. Um candidato, Pedro Paulo, arrecadou R$ 1 milhão a mais que a soma de todos os seus adversários. E nem assim consegue ter garantida a vaga no 2° turno. E olha, como tenho lembrado aqui no blog, que além disso, Pedro Paulo tem mais tempo de televisão e tem as máquinas municipal, estadual e federal. Com tudo isso continua sendo o mais rejeitado e ameaçado de não ir ao 2º turno.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [9] | |


27/09/2016 17:34
Reprodução de O Dia online
Reprodução de O Dia online


O pessoal da CEDAE voltou às ruas para protestar contra o projeto de privatização da empresa. Deram mais uma demonstração de força e coesão. Mas por mais incrível que pareça a inoperância e a bagunça que reina no governo estadual acabam sendo favoráveis à luta dos trabalhadores. Ninguém se entende no Palácio Guanabara sobre a privatização. O projeto anda a passos de tartaruga, assim como as medidas de saneamento financeiro. Nada acontece. Mas o pessoal da CEDAE tem mais é ir para a rua e protestar. É lamentável é que a maioria dos deputados estaduais não se posicione, não vista a camisa da CEDAE, se finja de morto numa hora dessas.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |


27/09/2016 16:48
Reprodução do Radar online, da Veja
Reprodução do Radar online, da Veja


Paulo Roberto Costa conhece bem os esquemas que foram montados para desviar dinheiro da Petrobras. Segundo ele, desde o governo Sarney quem ocupava cargos de diretoria da estatal tinha de "entrar no jogo", evidentemente, referindo-se à distribuição de propinas. Digamos que o Petrolão começou como Petrolinho no governo Sarney, foi "aprimorando-se", até culminar com o mega esquema dos governos petistas.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |


27/09/2016 15:23
Chico Buarque com Marcelo Freixo; Lula com Jandira Feghali
Chico Buarque com Marcelo Freixo; Lula com Jandira Feghali


Os dois candidatos da esquerda que têm chances de ir para o segundo turno ganharam ontem reforços nos seus comícios. Chico Buarque foi de Marcelo Freixo. Lula foi de Jandira, assim como Dilma já tinha feito em comício na semana passada. Vamos ver qual é o efeito da presença dos dois. Ainda faltam dois dias de propaganda eleitoral na televisão, quinta-feira é o último dia. As pesquisas, como disse mais cedo, estão muito emboladas, com discrepâncias entre Ibope e Datafolha, mas ambas apontam um queda de Jandira, que pode estar relacionada ao uso da imagem de Dilma na propaganda. Não custa lembrar que a reprovação de Dilma é altíssima. Pode até reforçar o voto dos petistas e mais alguns, mas no geral tende a ser mais negativo para Jandira.
 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [3] | |


27/09/2016 13:49
Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247


O PT pode sofrer hoje novo revés dependendo de decisão do Supremo Tribunal Federal, que vai decidir se aceita a denúncia da Procuradoria Geral da República contra a senadora Gleisi Hoffmann e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo. São dois petistas ilustres, Gleisi foi uma das integrantes da tropa de choque de Dilma no processo de impeachment. Às vésperas das eleições municipais, o PT teme mais uma decisão desfavorável.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


27/09/2016 12:30
Reprodução do Campos 24 horas
Reprodução do Campos 24 horas


O governador em exercício, Francisco Dornelles pediu mais uma vez ajuda ao governo federal. Quer a liberação de verba para pagar os policiais civis e militares. É sintomático que o governo estadual não sabe como vai pagar o próximo salário. Tenta apelar para a ameaça à segurança pública para conseguir dinheiro para pagar os servidores dessa área e com isso ter dinheiro para pagar os demais, além de aposentados e pensionistas. O pedido para Forças Armadas e Polícia Federal voltarem a reforçar o policiamento do Rio de Janeiro é outra prova de que não tem mais dinheiro nem para colocar a polícia nas ruas. A cada dia uma notícia pior.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


27/09/2016 11:22
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Michel Temer vai se reunir hoje com o ministro da Justiça, Alexandre Moraes. Ontem falaram por telefone. Durante o dia cresceram rumores de que o ministro seria demitido, mas à noite esfriaram. Porém tem ministro do núcleo do Palácio do Planalto que defende a saída de Alexandre de Moraes. Bem, no mínimo o ministro falou demais. Reforçou a tese do PT de que a Lava Jato é dirigida, ainda mais porque a operação que prendeu Palocci e atingiu o PT aconteceu na semana das eleições municipais.




 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


27/09/2016 09:45


As pesquisas do Ibope e do Datafolha mostram que o jogo está embolado na disputa do 2º lugar. E os resultados são conflitantes. No Ibope Crivella subiu 4 pontos percentuais, mas o Datafolha aponta pequena queda de 2 pontos percentuais. Na disputa da outra vaga no 2º turno reparem que os números são diferentes. As únicas concordâncias entre as duas pesquisas é que Pedro Paulo e Marcelo Freixo estariam disputando palmo a palmo a vice-liderança, e que Jandira Feghali teria caído. Mas num cenário tão parelho uma simples diferença de bairro onde as pesquisas foram feitas pode ser responsável pelas alterações. Não dá hoje para saber quem vai enfrentar Crivella no 2º turno.




 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [8] | |


26/09/2016 18:24
Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder


Depois do impeachment consumado o PT chegou a ensaiar uma resolução proibindo coligações com o PMDB, a quem chamam de "golpista". Mas ideia não foi adiante porque as bases foram contrárias. Agora vejam: em 570 municípios o PT e o PMDB estão coligados nas eleições municipais. Tudo bem que em 2012 a aliança PT - PMDB foi formalizada em um pouco mais de mil cidades, agora caiu quase para a metade, mas mostra que os dois partidos, impeachment ou golpe à parte, são - como diz a música - "amigos para sempre".

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


26/09/2016 17:11
Pezão
Pezão


Bem a licença médica de Pezão vai até quarta-feira (28). Mas até agora ninguém sabe se ele vai reassumir o governo estadual ou prorrogar a licença. Adiantei aqui no blog no dia 2 de setembro: "PMDB quer que Pezão estenda licença até final do ano". Ontem a coluna de Ancelmo Gois, do Globo, confirmou que a pressão para Pezão não reassumir agora é grande entre os aliados.

Na sexta-feira Pezão passou por exames médicos. Deve se manifestar a qualquer momento se volta ou deixa a bomba da falência total do Estado, deixando os servidores sem pagamento, estourar no colo de Dornelles. A verdade é que para a população entre Pezão ou Dornelles não há muita diferença. Estamos no fundo do poço.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 ProximoUltimo

Facebook


Twitter


Vídeos

Busca
Histórico
Links
Todos os Direitos Reservado
Fotos Anthony Garotinho