Blog do Garotinho
Visitantes online : 1312 sexta-feira, 19 de setembro de 2014
18/09/2014 19:34
Fotos de Inacio Teixeira
Fotos de Inacio Teixeira


Voltei hoje a São Gonçalo, cidade que Pezão agora - de olho na eleição - passou a visitar para fazer promessas mirabolantes, depois de ter abandonado a cidade durante anos. Pezão, assim como Cabral, só lembram de São Gonçalo em ano de eleição. O povo de São Gonçalo sabe que quando fui governador a toda a hora estava na cidade vistoriando e inaugurando obras. Por isso o povo de São Gonçalo sabe que sou um político que cumpre os compromissos que assume, como por exemplo, fazer dois restaurantes populares no município e recuperar o Hospital Alberto Torres, que eu inaugurei e foi abandonado por Cabral - Pezão.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


18/09/2014 16:42
Palácio Guanabara; abaixo manchete do Globo online
Palácio Guanabara; abaixo manchete do Globo online


Segundo dados oficiais de julho, a dívida do Estado estava em R$ 74,4 bilhões. Até ao final do ano sabe-se lá onde vai parar. A ALERJ na gestão Cabral - Pezão autorizou o Estado a contrair empréstimos de R$ 25 bilhões. Tudo isso para o próximo governador pagar. Podem apostar que no final do ano Pezão não terá dinheiro para honrar a folha dos servidores, irá recorrer a novo empréstimo.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |




18/09/2014 10:02
Reprodução do portal G1
Reprodução do portal G1


Esse é o resultado do Rio de Janeiro ser o estado que investe menos em saúde no Brasil: pessoas morrendo sem atendimento. As UPAs e hospitais não têm condições de atendimento. E em relação aos hospitais o caos é estadual, municipal e federal. A administração dos hospitais federais do Rio foi dada ao PMDB e deu nisso que todos estão vendo. Onde o PMDB - RJ põe a mão todos sabem que o povo vai sofrer no final.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [16] | |




18/09/2014 07:29
Foto de Inacio Teixeira
Foto de Inacio Teixeira


11h45 - O candidato participa da rodada de entrevistas do RJTV 1ª Edição - TV Globo
Endereço: Rua Von Martius, nº 22 - Jardim Botânico

14h - Faz caminhada no Rodo - São Gonçalo
Ponto de encontro: Praça Dr. Luiz Palmier (Praça da Marisa) - Rodo/São Gonçalo

20h - Participa da gravação Programa Band Eleições 2014
Local: TV Bandeirantes
Endereço: Rua Álvaro Ramos, nº 350 - Botafogo
Obs: A entrevista será conduzida por Guto Abranches e Mariana Procópio e será exibida no dia 22/09, por volta de 23h45


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |




17/09/2014 14:41
Reprodução do jornal O Dia
Reprodução do jornal O Dia


O prefeito Eduardo Paes pelo jeito está sabendo até o que a polícia não tem conhecimento. Deveria colaborar e dar o nome dos tais traficantes. Ou será que isso faz parte de mais alguma jogada para enganar a população, que o PMDB está montando? No dia seguinte a ser preso o terceiro homem da hierarquia da PM por ter montado uma milícia dentro do QG da corporação, Paes - por coincidência - vem com essa história para querer dar a entender que os bandidos estão contra Pezão. Uma coisa certa, nunca na história, os traficantes tiveram a boa vida de ser avisados com antecedência das operações policiais. Mesmo com as UPPs continuam vendendo drogas a todo o vapor. As milícias se expandem mais a cada dia e vão dominando todo o estado. Convenhamos que a bandidagem deve é estar satisfeita com o tratamento que vem recebendo de Cabral - Pezão. Não dá para levar Paes a sério, é um irresponsável.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [10] | |




17/09/2014 11:52
Presidente da ALERJ (com tarja preta), Paes, Picciani, Cabral e Pezão
Presidente da ALERJ (com tarja preta), Paes, Picciani, Cabral e Pezão


Infelizmente fui acometido de uma virose, com febre alta e dores no corpo, que me obrigou a paralisar as atividades de campanha nos últimos três dias. Mas mesmo assim me mantive ligado no noticiário. Pezão está conseguindo algo que parecia impossível ser pior do que Cabral na administração pública. Quem mostra isso é o próprio noticiário dos jornais. Imaginem vocês que até o cardeal Dom Orani foi assaltado. O homem encarregado de combater as milícias, braço-direito de Pezão, é preso porque ao invés de reprimi-las fazia parte delas. Em plena Vila Isabel, PMs trocam tiros e assustam os moradores. Mortes sem atendimento nos hospitais e UPAs se multiplicam a cada minuto, enquanto isso como se nada estivesse acontecendo, Pezão continua em campanha vendendo um Rio imaginário. Será que os eleitores não perceberam que Pezão não tem a condição mínima necessária para administrar o estado? Da sua equipe a única coisa que funciona é o marketing vendendo a imagem do homem bonzinho, enquanto a população da Baixada, da Zona Norte, São Gonçalo, do interior do Rio sofre com assaltos cada vez mais frequentes, carros roubados, residências invadidas por ladrões. Um comandante de UPP é morto com um tiro no peito e parece que nada aconteceu.

Sinceramente, a máquina de propaganda da máfia do PMDB - RJ funciona muito bem. Aliás, esse é o termo correto, "máfia", para definir como age o PMDB - RJ. Seus tentáculos estendem-se além da administração pública corrompida, a setores da ALERJ, de prefeituras, de tribunais e outras instâncias de poder. Lamentavelmente boa parte da população ainda não percebeu o mal que o PMDB representa para o Estado do Rio de Janeiro. Os remédios que faltam nos hospitais, os baixos salários dos servidores públicos, a péssima qualidade dos serviços oferecidos pelo Estado se contrapõem à prosperidade dos líderes da máfia. Alguns viraram fazendeiros milionários, outros adquiriram iates, lanchas, coberturas de luxo, quase todos com contas em paraísos fiscais no exterior, como foi o caso revelado de Rodrigo Bethlem. Isso, enfim, é uma lástima.

A eleição que se aproxima exige uma reação contra esses mafiosos, que privatizaram o estado para si, e farão de tudo para se manter no poder através da candidatura de Pezão.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [12] | |


17/09/2014 11:31


Para você acessar a TV Povo basta clicar no alto da página, do lado direito tem um link.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [4] | |


17/09/2014 09:47
Reprodução do Valor Econômico e Globo online
Reprodução do Valor Econômico e Globo online


Questionado pelo RJ TV se o comandante da PM não deveria ser exonerado, afinal um homem de sua confiança comandava um esquema de corrupção dentro do QG, Pezão lavou as mãos, disse que não tem nada a ver com isso, empurrou para Beltrame. Disse ainda o absurdo que "todos os secretários têm independência para fazer o que quiserem". Ou seja, Pezão não manda nada, cada um faz o que quer. E quanto às milícias? Ora, no programa de governo de Pezão o combate às milícias nem consta. Aliás, podemos ver em todo o estado o resultado da falta de preocupação de Pezão com as milícias.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [11] | |


17/09/2014 08:17
Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247


Bem nesse caso há duas questões. A primeira é que a Justiça brasileira não pode bloquear diretamente contas na Suíça, pede à Justiça daquele país que efetue o bloqueio. Mas isso significa que já foram localizadas as contas. Agora outra questão é saber se Betlhem não movimentou o dinheiro, afinal teve muito tempo entre a revelação do escândalo e a decisão judicial de segunda-feira.

E as contas da família de Eduardo Paes no Panamá?

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


16/09/2014 16:19
Reprodução do Estadão online
Reprodução do Estadão online


Olha aí o deputado Eduardo Cunha tentando dificultar o depoimento do ex-diretor da PETROBRAS Paulo Roberto Costa. Cunha, assim como Cabral e Pezão têm muito a perder. Querem empurrar tudo para depois da eleição.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [25] | |


16/09/2014 15:16
Montagem do Deco
Montagem do Deco


Nesse caso Pezão e seu vice, Dornelles, estão com as mãos sujas, mas não é de petróleo, e sim, de propina da PETROBRAS. Formam a chapa dos mãos sujas. Aliás, é uma vergonha, mas a imprensa do Rio até hoje não publicou uma linha sobre o fato da delação do ex-diretor da PETROBRAS Paulo Roberto Costa, que apontou Dornelles como um dos beneficiários da propina.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [10] | |


16/09/2014 13:02
Lindbergh Farias; abaixo reprodução da coluna Panorama Político, do Globo
Lindbergh Farias; abaixo reprodução da coluna Panorama Político, do Globo


Nem Lula, nem outros dirigentes do PT nacional acreditam mais na possibilidade de Lindbergh Farias chegar ao 2º turno. Vários candidatos a deputado da coligação já abandonaram o barco.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


16/09/2014 11:33
Manchetes, de cima para baixo, do jornal O Dia, portal G1, Globo online e Folha de S. Paulo
Manchetes, de cima para baixo, do jornal O Dia, portal G1, Globo online e Folha de S. Paulo


O número 3 da PM do Rio comandava um esquema de propinas, que começou nos batalhões de Irajá e Bangu, mas continuou no Comando de Operações Especiais da corporação. Na Operação Guilhotina, vocês devem lembrar, o número 2 da Polícia Civil, o delegado Carlos Oliveira também foi preso por envolvimento com as milícias. Cabral e Pezão fizeram acordos com a milícia Liga da Justiça, de Natalino e Jerominho. E Pezão ainda tem coragem de dizer que o governo atual combateu as milícias. Cabral, Pezão e Beltrame deixaram as milícias se expandirem em troca de votos. As milícias conseguiram até entrar nas cúpulas da Polícia Civil e da PM.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [4] | |


16/09/2014 10:07
Pezão e Cabral
Pezão e Cabral


Muitos leitores me dão conselhos de que é preciso fazer as pessoas saberem que Pezão representa Cabral para que a rejeição do ex cole no atual governador. Pezão esconde Cabral na campanha. O ex-governador passa mais tempo na Europa para não atrapalhar. Mas é óbvio que Pezão é como um "laranja", o "negócio" está em seu nome, mas o cabeça por trás é Cabral. E como nos escândalos de corrupção querem enganar o povo para renovar o contrato que desvia os recursos públicos para o bolso deles e seus amigos da Gangue dos Guardanapos.

Quero dizer aos leitores que não se preocupem. No 1º turno Pezão tem quase 4 vezes o meu tempo de televisão, mas no 2º turno são 10 minutos para cada um, no meu caso representa quase 4 vezes o tempo que tenho agora. Não vai adiantar Pezão esconder Cabral. Eu terei tempo suficiente para apresentar minhas propostas, para me defender de ataques e mentiras, e vai sobrar tempo suficiente para mostrar que Pezão é Cabral, Cabral é Pezão, é tudo a mesma coisa. Não vai ter escapatória para Pezão, o povo todo vai saber que ele é o candidato de Cabral e da Gangue dos Guardanapos.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [12] | |


16/09/2014 08:09
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


O cardeal-arcebispo Dom Orani Tempesta teve arma apontada para a cabeça. Bandidos levaram cruz e anel, mas depois abandonaram o produto do roubo. É que o anel que Dom Orani usava não era de ouro, era uma reprodução do anel de cardeal que recebeu do Papa Francisco quando foi nomeado. Tá feia a coisa!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [10] | |


16/09/2014 07:38
Foto de Inacio Teixeira
Foto de Inacio Teixeira


10h - O candidato participa de caminhada no calçadão de Bangu
Concentração: Av. Ministro Ari Franco, nº 367 - Bangu

14h - Faz carreata na Vila Kennedy
Concentração: Rua Alfredo de Albuquerque, nº 35 - Vila Kennedy
Ref: Ao lado da Praça Miami (Praça da Estátua da Liberdade)

20h - Grava o programa Band Eleições, que vai ao ar no dia 22/9, após o CQC
Local: TV Bandeirantes
Endereço: Rua Álvaro Ramos, nº 350 - Botafogo


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ProximoUltimo

Facebook

Twitter

Câmara Federal

Vídeos

Destaques
Busca
Histórico
Links
Todos os Direitos Reservado
Fotos Anthony Garotinho