Visitantes online: 1839
logo topo

sexta-feira, 24 de março de 2017

15/03/2017

08:54

Fala Garotinho (Quarta, 15/03)


15/03/2017

08:25

Começa a reação popular contra a reforma da Previdência

Hoje estão programadas manifestações nas principais cidades do Brasil. No Rio e em São Paulo a concentração será às 16h, na Candelária e no MASP respectivamente. Os profissionais da educação de todo o país, além de algumas categorias de diversos estados pretendem fazer também um dia de paralisação. É o começo da mobilização popular contra a reforma. Dez centrais sindicais estão apoiando o protesto, entre elas CUT, Força Sindical e CGT, que são as maiores. Vai começar também uma campanha em cada estado para pressionar os respectivos parlamentares. É a primeira batalha de uma guerra que será travada no Congresso e nas ruas.

14/03/2017

18:30

Servidores da segurança pública não recebem salário prometido para hoje por Pezão

Servidores da Segurança Pública em recente protesto na frente da ALERJ
Servidores da Segurança Pública em recente protesto na frente da ALERJ

Policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários tinham a promessa de receber hoje o salário de fevereiro. Mas ao longo do dia o pagamento não foi depositado nas contas de milhares de servidores. Ainda não está confirmado se ninguém recebeu ou se alguns chegaram a ser pagos. A revolta é muito grande nas redes sociais. Estamos apurando a informação de que teria havido novo bloqueio das contas do governo estadual. Está para ser feito um bloqueio de R$ 1,36 bilhão nas contas do Estado. Por esse motivo Pezão ligou para o presidente Michel Temer pedindo que o governo federal só bloqueasse 50% do total. O pessoal da Educação recebeu porque o dinheiro é do Fundeb e não pode ser bloqueado.

14/03/2017

17:03

A falta de timing do governo Temer

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra (PMDB-RS) quer incentivar os beneficiários do Bolsa Família a procurarem emprego formal no mercado de trabalho. Não sou contra a iniciativa, muito pelo contrário. A função dos programas de renda mínima não é remunerar a ociosidade e sim amparar quem não tem condição de se sustentar. Mas para quem tem saúde e condições de trabalhar deve haver uma porta de saída. A ideia é garantir o Bolsa Família por mais dois anos a quem arrumar emprego formal de até 5 salários-mínimos.

Só tem um problema. Não estamos numa fase de pleno emprego, muito pelo contrário. Temos mais de 13 milhões de brasileiros procurando emprego, mas sem conseguir. Não estou falando de desempregados, que são mais de 20 milhões, estou me referindo aos que procuram, vão atrás de vagas no mercado de trabalho.

É elementar que essa ideia do governo Temer não vai ter efeito prático nenhum agora, só pode funcionar mais tarde quando a nossa economia voltar a ter um ciclo virtuoso.

14/03/2017

16:01

Os maus espíritos que assolam Michel Temer e Rodrigo Maia

Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Ainda não havia comentado essa notícia que surgiu no final de semana. Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao se mudar para a residência oficial da Presidência da Câmara, antes ocupada por Eduardo Cunha, chamou um padre que faz exorcismos em São Paulo para livrar o ambiente de maus espíritos. Sua mulher dizia que ouvia fantasmas de noite. Com Michel Temer aconteceu a mesma coisa. Ao se mudar para o Palácio da Alvorada, sua esposa, Marcela, o convenceu a chamar o mesmo padre, pelo mesmo motivo. Mas parece que o padre não deu jeito, Marcela continuou ouvindo fantasmas e por isso Temer e família decidiram voltar a morar no Palácio do Jaburu (residência oficial da Vice-Presidência).

Francamente eu acho que os "maus espíritos" que frequentam as residências oficiais de Michel Temer e Rodrigo Maia não são do mundo dos mortos, como alguns acreditam, e respeito a crença de cada um. Esses " maus espíritos" estão vivíssimos, aliás, o certo seria dizer que são vivíssimos. Basta observarem a lista dos políticos que são assíduos nas duas residências. Alguns, como disse um deputado que entende do assunto, são pior que "encosto".

14/03/2017

14:43

O desespero do deputado Julio Lopes

Luiz Carlos Velloso levado preso pela Polícia Federal; ao lado com seu amigo e ex-chefe, o deputado federal Julio Lopes (PP-RJ)
Luiz Carlos Velloso levado preso pela Polícia Federal; ao lado com seu amigo e ex-chefe, o deputado federal Julio Lopes (PP-RJ)

O deputado federal Julio Lopes (PP-RJ) é afilhado político de Francisco Dornelles, antes era socialite. Muitos lembram dele cantando em Paris numa farra da Gangue dos Guardanapos (revejam abaixo). Todo o mundo político sabe que Luiz Carlos Velloso, preso hoje em mais uma etapa da Operação Lava Jato, sempre foi o braço-direito de Julio Lopes nos contatos com empresários. Atualmente era subsecretário de Turismo, mas no governo Cabral era sub de Transportes, quando Lopes era o secretário. Sabe tudo dos esquemas de corrupção na linha 4 do metrô do Rio.

Julio Lopes sabe que a Lava Jato já chegou nele. Com seu braço-direito preso, Lopes está desesperado, afinal sabe que uma delação premiada pode levá-lo a fazer companhia a Sérgio Cabral. Mas com ou sem delação a situação dele é muito complicada.

Julio Lopes cantando em Paris numa farra da Gangue dos Guardanapos
Julio Lopes cantando em Paris numa farra da Gangue dos Guardanapos


14/03/2017

13:28

Prisão faz Cabral e Adriana Ancelmo entrarem em crise no casamento

Reprodução do Radar online, da Veja
Reprodução do Radar online, da Veja

É a velha história de "na alegria e na tristeza e na saúde e na doença". Cabral quer cair fora de Bangu 8 de qualquer maneira. Vai para o novo presídio onde ficava o antigo Batalhão Especial Prisional, que Pezão mandou reformar, aliás, no momento é a única obra do Governo do Estado em andamento. Só que Adriana Ancelmo sabe que Cabral indo embora de Bangu ela vai perder regalias, que na nota são chamadas de "deferências". Esse é o motivo da briga. Mas Cabral, pelo jeito, quer resolver o problema dele, Adriana que se vire.

14/03/2017

11:54

Encontro Marcado com Garotinho (Terça - 14/03)

Parte 1


Parte 2

14/03/2017

10:12

Mais dois da quadrilha de Cabral vão presos na Lava Jato

Polícia Federal nas ruas do Rio na manhã desta terça-feira
Polícia Federal nas ruas do Rio na manhã desta terça-feira

A Lava Jato está de novo nas ruas do Rio. A Polícia Federal prendeu esta manhã o diretor da RioTrilhos, Heitor Lopes de Sousa Junior, e o subsecretário de Turismo, Luiz Carlos Velloso (ex-subsecretário estadual de Transportes na gestão de Sérgio Cabral). A ação foi batizada de “Tolypeutes" em referência ao equipamento "Tatuzão" utilizado nas escavações das obras do metrô.

É bom lembrar que no ano passado o Tribunal de Contas do Estado divulgou relatório apontando que a roubalheira na Linha 2 do metrô atingiu R$ 2,3 bilhões, esse foi o superfaturamento da obra.

Aliás, tem gente estranhando que prenderam o ex-subsecretário de Transportes, mas não levaram o seu chefe direto, o secretário na época era o atual deputado federal Júlio Lopes, companheiro de farras da Gangue dos Guardanapos. O que acontece é que Júlio Lopes tem foro privilegiado, mas não vai escapar.


14/03/2017

08:54

Fala Garotinho (Terça, 14/04)





13/03/2017

18:32

Olha a cabeleira do Eike

Eike Batista enganou muita gente. Vendeu terrenos na lua, muita gente investiu todas as economias em ações do grupo X, e no final todo mundo tomou um tombo. Até Sérgio Cabral apostou nas ações das empresas de Eike. Negociou uma mina de ouro que nunca produziu um grama do metal precioso. Mas agora se descobre que o famoso implante que Eike dizia aos quatro ventos que tinha sido feito em Nova Iorque, na verdade trata-se de uma peruca. Foi em Bangu 8 que o segredo veio à tona quando o barbeiro ia raspar os cabelos "implantados". Nessa hora Eike avisou que não era necessário e desamarrou a peruca. Realmente Eike tinha tudo para se juntar a Sérgio Cabral, outro farsante.

Eike se diz arrependido agora de ter procurado o MPF em Curitiba, no ano passado. Achou que prestando um depoimento falando de R$ 1 milhão que deu ao escritório de Adriana Ancelmo conseguiria escapar da prisão. Outro espertalhão, como Cabral. Deu tudo errado.

13/03/2017

17:45

Cabral ofereceu migalhas ao MPF

Notas da coluna de Lauro Jardim, no Globo; ao lado Cabral sendo conduzido pela Polícia Federal
Notas da coluna de Lauro Jardim, no Globo; ao lado Cabral sendo conduzido pela Polícia Federal

Com todo respeito, mas Sérgio Cabral deve achar que ainda pode tudo, até passar a perna nos procuradores da Operação Calicute. Queria oferecer como prato principal da delação premiada que está negociando, as "façanhas" de Pezão e Sérgio Côrtes no roubo do dinheiro público. Mas isso o MPF já tem conhecimento e está apenas aprofundando as investigações. Por conta da pressão dos procuradores da Calicute, o clima é de apreensão na Alerj, no Tribunal de Contas do Estado, e entre alguns membros do Tribunal de Justiça do Rio e do Superior Tribunal de Justiça. Fala, Cabral!

13/03/2017

15:59

A estreia de Garotinho na Tupi

Fiquei muito feliz com minha volta pra casa, para o microfone da Super Rádio Tupi, a emissora que me abriu as portas quando vim para a cidade do Rio de Janeiro em 1993. No meu retorno fui recebido de braços abertos e quero agradecer o carinho da direção da Tupi, dos comunicadores, dos funcionários, alguns com quem trabalhei em 93. Agora, sempre de segunda a sexta, de 9h às 10h. Abaixo tem a matéria do Jornal do Brasil Digital sobre a minha estreia, e para quem não acompanhou, em seguida tem o vídeo do programa.

Reprodução do JB Digital
Reprodução do JB Digital




13/03/2017

14:42

Por quanto tempo Eliseu Padilha sobreviverá?

Reprodução do Estadão
Reprodução do Estadão

A mídia não fez mais alarde sobre o pacote que o amigo de Temer, José Yunes, disse que recebeu, como "mula involuntária", do doleiro Lúcio Funaro para ser entregue a Eliseu Padilha. Por esse motivo Padilha reassumiu hoje o Ministério da Casa Civil. Mas ninguém acredita que a sobrevida dure por muito tempo. Padilha está na Lista de Janot porque também foi citado na delação da Odebrecht. Temer diz que ministro do seu governo só terá que se afastar se for denunciado pelo MPF. A Lista de Janot, por enquanto, pede apenas investigações, não se trata de denúncia. Mas a manutenção de Padilha como ministro vai agravar a, já pouca, credibilidade do governo Temer. Mas chega a ser engraçada a posição de Padilha de que "em time que está ganhando não se mexe". Ganhando o quê? Padilha só pode estar debochando.

13/03/2017

13:18

Pezão atende pedido de Eduardo Cunha com medo de delação premiada

Reprodução do G1
Reprodução do G1

É inacreditável que com o Estado falido, sem dinheiro para nada, Pezão acabe de criar uma nova secretaria. Está no Diário Oficial de hoje a criação da Secretaria de Apoio à Mulher e ao Idoso. E foi nomeada para o cargo uma grande aliada de Eduardo Cunha: Solange Almeida (PMDB), ex-prefeita de Rio Bonito. Solange é ré na Lava Jato porque, segundo o MPF, quando era deputada federal assinou requerimentos com pedidos de informações a empresas com contratos com a Petrobras, que era usados por Cunha extorquir empresários. Está na cara que Pezão, com medo, cedeu à pressão de Eduardo Cunha. É uma excrescência, uma imoralidade, um deboche com o povo do Rio de Janeiro!

13/03/2017

11:36

Encontro Marcado com Garotinho (Segunda - 13/03)

Parte 1


Parte 2

Parte 3

PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 ProximoUltimo