Visitantes online: 1408
logo topo

quarta-feira, 26 de abril de 2017

20/04/2017

10:25

Sérgio Cabral vira réu pela sétima vez

Reprodução do Extra online
Reprodução do Extra online

Cabral segue batendo recordes negativos na Lava Jato. Por conta de fraudes nas obras do Maracanã e no PAC das Favelas, onde o ex-governador combinava antecipadamente os vencedores das licitações. Foram denunciados, além de Cabral, executivos de oito empreiteiras, o ex-secretário de Obras, Hudson Braga, o ex-secretário de Governo, Wilson Carlos, e o ex-presidente da EMOP (Empresa de Obras Públicas do Estado), Ícaro Moreno Júnior. Mas é bom lembrar que no secretário de Obras na época das licitações era Pezão. Braguinha era apenas subsecretário. Mas como Pezão tem foro privilegiado no STJ não pode ser denunciado na Justiça Federal de primeira instância. Quanto a Cabral ser réu sete vezes não é surpresa, mais casos virão, inclusive por conta da delação da Odebrecht.

19/04/2017

21:29

Pezão autoriza pagar com dinheiro do Estado advogado para secretário corrupto

É quase inacreditável, se eu não tivesse visto a publicação no Diário Oficial não teria acreditado. Mas o ex-secretário estadual de Obras, Hudson Braga requereu que o Estado pague os advogados para defendê-lo pelos crimes que cometeu contra o próprio Estado. E agora o mais absurdo, o governador Luiz Fernando Pezão deferiu. Coisa de doido.

Charada

Se faltar água amanhã no Rio não é por problema na estação de tratamento do Guandu. É que às vezes alguns diretores da CEDAE ao invés de economizarem água ficam usando água de forma indevida e podem tomar um banho de lava jato. Amanhã o clima deve amanhecer quente no Rio.

19/04/2017

17:44

Temer passa por constrangimentos

Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Primeiro foi o Papa Francisco que declinou do convite oficial de Michel Temer para vir à celebração dos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, que acontecerá em outubro, respondendo com uma crítica clara às reformas que o governo pretende aprovar, e que penalizam os trabalhadores. Aliás, a CNBB já havia se posicionado contra essas reformas. O papa se posicionou na resposta a Temer: "Porém não posso deixar de pensar em tantas pessoas, sobretudo nos mais pobres, que muitas vezes se veem completamente abandonados e costumam ser aqueles que pagam o preço mais amargo e dilacerante de algumas soluções fáceis e superficiais para crises que vão muito além da esfera meramente financeira".

Hoje, na cerimônia em que o juiz Sérgio Moro foi condecorado com a Ordem do Mérito Militar, o comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, falou que o país passa por "aguda crise moral, expressa em incontáveis escândalos de corrupção, nos compromete o futuro", que ainda criticou a sobreposição de "lutas por interesses pessoais e corporativos" ao interesse nacional.

Temer, que cumprimentou Moro rapidamente, fez cara de paisagem, mas o constrangimento era claro. Aliás, nenhum dos oito ministros investigados na delação da Odebrecht deu as caras. O governo agoniza, mas Temer finge que está tudo bem.


19/04/2017

16:29

A hora das madames

Reproduções da Veja e O Dia online
Reproduções da Veja e O Dia online

Madame Cabral e Madame Cunha eram até bem pouco tempo símbolos da riqueza e ostentação. Hoje a primeira cumpre prisão domiciliar e a segunda aguarda o julgamento.

No caso de Cláudia Cruz, o juiz Sérgio Moro deve decidir a sentença muito em breve. Eduardo Cunha já foi condenado a 15 anos e 4 meses de prisão. Sua mulher é ré por lavagem de dinheiro e crime contra o sistema financeiro nacional. Pelos elementos e provas que já vieram à tona será muito difícil escapar da condenação.

Já Adriana Ancelmo pode voltar para Bangu. No próximo dia 26, o plenário do Tribunal Regional Federal do Rio vai analisar a decisão da ministra Maria Thereza de Assis, que concedeu a prisão domiciliar. Ainda não há previsão para o julgamento do caso pelo juiz Marcelo Bretas.

19/04/2017

15:11

Paliativo para crise financeira do Rio ainda vai demorar

Mesmo que na sessão que ocorre neste momento, a Câmara dos Deputados aprove as emendas ao texto principal do projeto de recuperação dos estados, antes de junho não cairá dinheiro no caixa do Governo do Estado, por conta do tão sonhado empréstimo de R$ 3,5 bilhões, avalizado pela autorização da venda da CEDAE. Uma vez aprovado na Câmara, o que pode acontecer ainda hoje, seguirá para o Senado. Dificilmente será analisado e votado na próxima semana, aí chegamos em maio.

Mas nessa hora haverá um impasse. Para o Estado do Rio poder homologar o acordo com o governo federal é necessário que a ALERJ aprove o aumento da contribuição previdenciária dos servidores, além da proibição de aumentos salariais por três anos. Isso não acontecerá de uma hora para a outra, o próprio presidente licenciado da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani já disse que só vota a matéria quando Pezão colocar em dia o pagamento dos servidores, o que não há chance de acontecer agora.

Só após tudo ser aprovado é começarão os trâmites burocráticos para a obtenção do empréstimo, o que não acontece de uma hora para outra. Isso significa que o atraso no pagamento do funcionalismo vai ser ainda maior. O Rio segue num beco sem saída, ou melhor existe uma saída que o governo Temer não quer tomar, que é a intervenção, ou então Pezão ser posto para fora.

19/04/2017

13:31

PSDB afunda na Lava Jato

Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

O problema do PSDB não está no número, 13 senadores e deputados federais, além de dois ministros, investigados por estarem citados nas delações da Odebrecht. É que os cabeças foram atingidos. Aécio Neves, José Serra, Antonio Anastasia e Cassio Cunha Lima, no Senado; os ministros Aloysio Nunes Ferreira e Bruno Araújo, o primeiro senador licenciado, o segundo deputado federal licenciado; além dos governadores Geraldo Alckmin (SP), Beto Richa (PR) e Marconi Perillo (GO). É claro que cada caso é um caso, é preciso analisar as provas. Mas Aécio e Serra esconderam dinheiro de propinas em contas no exterior, esses estão perdidos, e Alckmin teria recebido propina através de seu cunhado. Por isso os tucanos estão perdendo as penas e estão na muda, todo mundo calado.

19/04/2017

11:54

Encontro Marcado - 19 de abril



19/04/2017

10:20

Inserções do PR







19/04/2017

08:54

Fala Garotinho - 19 de abril de 2017



18/04/2017

21:05

TV Globo do Rio desafia a Justiça e se acha acima da lei

Hoje o PR está veiculando duas propagandas eleitorais, previstas em lei em todas as emissoras de televisão do estado. Desafiando a Justiça, a TV Globo do Rio de Janeiro é a única que não está levando ao ar a propaganda, alegando falsamente problemas técnicos. A mentira só foi descoberta porque as demais emissoras afiliadas da Globo no estado não quiseram enfrentar a Justiça e estão cumprindo a ordem judicial. O PR ingressará em juízo para a compensação das inserções que lhe foram negadas pela TV Globo no dia de hoje.


18/04/2017

18:04

Se Palocci falar, Lava Jato vai chegar aos bancos

Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Até agora só se falou em empreiteiras e empresas de engenharia porque a Lava Jato mirou na Petrobras e Eletrobras. Mas todo mundo sabe do envolvimento dos bancos com o sistema político. Ninguém lucra mais neste país do que os bancos, com crise ou sem crise. Antônio Palocci foi ministro da Fazenda por mais de três anos, no governo Lula, conhece a fundo os esquemas. E ao longo dos anos não foram poucas as decisões tomadas pelos governos e pelo Congresso, que beneficiaram o sistema financeiro. Agora mesmo, o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão vinculado à Receita Federal perdoou uma dívida fiscal de R$ 25 bilhões do Banco Itaú. Se Palocci falar vai ter fila de banqueiros procurando o MPF para fazer delação premiada.

Aliás, a CPI do Carf, que atingiria não apenas banqueiros, mas pesos-pesados do empresariado morreu na praia. Novidade!

18/04/2017

16:45

Aniversário de Garotinho

Quero agradecer primeiramente a Deus por todo o carinho que estou recebendo ao longo do dia de hoje. Desde cedo não param de chegar mensagens por todos os meios, Facebook, Whatsapp, blog, e-mail, telefone, e através da Rádio Tupi, me parabenizando pelos meus 57 anos. E ainda tive uma festa surpresa na minha empresa. De todo o coração, agradeço a todos vocês.

18/04/2017

15:36

Retorno do Congresso sob o efeito da delação da Odebrecht

Rodrigo Maia, Michel Temer e Eunício Oliveira
Rodrigo Maia, Michel Temer e Eunício Oliveira

No discurso, Michel Temer, Rodrigo Maia e Eunício Oliveira estão afinados. Dizem que a "delação do fim do mundo" não vai paralisar o Congresso, nem o governo. Mas com oito ministros do governo Temer, 24 senadores e 39 deputados sendo investigados o clima é amplamente desfavorável ao andamento normal do trabalhos.

Na semana passada, por conta do feriadão que o Congresso antecipou, a repercussão das delações da Odebrecht não foi muito sentida nos plenários da Câmara e do Senado. Hoje, com as sessões das duas Casas é vamos sentir as reações.

O certo é que pelo número de parlamentares acusados de receberem propina - estou me referindo aos casos em que há provas, é bom frisar - esse Congresso não tem mais autoridade moral para fazer reformas, seja trabalhista ou previdenciária.

18/04/2017

13:35

Delação da Odebrecht ainda não foi o fim do mundo

Manchete do Estado de Minas
Manchete do Estado de Minas

Os depoimento dos executivos da Odebrecht estão sendo chamados de "delação do fim do mundo". Mas vêm mais bombas por aí. Fechada a delação da Odebrecht, o MPF volta a se debruçar sobre a negociação da delação da OAS, de Léo Pinheiro, e a Camargo Corrêa, negocia nova delação (recall). Portanto o número de políticos citados, 415, ainda crescerá. A questão, como tenho repetido à exaustão, é separar o joio do trigo. Mas podem estar certos que vão aparecer mais propinas e contas no exterior.

18/04/2017

12:18

Encontro Marcado - 18 de abril



18/04/2017

11:30

Parabéns, Garotinho!

Hoje Garotinho completa 57 anos. Por isso, toda sua equipe de trabalho lhe deseja muitas felicidades. Você é um exemplo de luta, de coragem, de determinação. Às vezes criticado, incompreendido, mas sem jamais trair seus princípios, sem abandonar o povo. Que Deus continue iluminando seu caminho e lhe dando forças para suportar as adversidades.

Parabéns, Garotinho!

PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 ProximoUltimo