Beltrame pode perder amanhã o cargo de delegado federal
Beltrame pode perder amanhã o cargo de delegado federal


Para você que não sabe o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame virou delegado da Polícia Federal entrando pela janela, sem fazer concurso público como exige a Constituição de 1988.

A pedido de seu grande amigo Luiz Fernando Corrêa, ex-diretor-geral da Polícia Federal e ex-secretário Nacional de Segurança, no governo Lula, atualmente coordenador de Segurança da Olimpíada de 2016, uma manobra ilegal chamada “apostilamento” foi criada para burlar a Constituição e Beltrame virar delegado federal entrando pela janela, na gestão do ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos.

É importante destacar que Beltrame fez concurso para delegado federal, mas foi reprovado com uma péssima colocação. Foram chamados 100 candidatos aprovados e vejam vocês que Beltrame ficou em 896º lugar.

O caso vai ser julgado amanhã no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que abrange o Rio Grande do Sul, conforme mostro abaixo, e é fruto de uma Ação Popular que deu entrada na Justiça em 2004, e que pela flagrante ilegalidade foi encampada também pelo Ministério Público Federal que pede a anulação do “trem da alegria”, com a conseqüente destituição de Beltrame do cargo de delegado federal. Vale frisar que outro réu desse processo que entrou pela janela é o atual superintendente da Polícia Federal no Rio e ex-secretário de Segurança do Distrito Federal na gestão de José Roberto Arruda, delegado Valmir Lemos de Oliveira.


Reprodução do site da Justiça Federal
Reprodução do site da Justiça Federal


Clicando no link abaixo vocês verão que o relator incluiu o caso na pauta de julgamentos de amanhã. Aliás, não custa relembrar que essa notícia foi revelada em primeira mão aqui no blog.

Clique aqui e veja.

Comentários