Cabral e Wilson Risolia: os carrascos da educação do Rio mandam os professores falsificarem notas para alunos passarem de ano
Cabral e Wilson Risolia: os carrascos da educação do Rio mandam os professores falsificarem notas para alunos passarem de ano



Vocês vão ler abaixo, a denúncia que me chegou de um professor estadual, que por motivos óbvios vou preservar seu nome. Os professores estão sendo pressionados, quase ameaçados a passarem de ano mesmo alunos sem nota. Estão falsificando até as notas dos bimestres anteriores para aprovar os alunos com piores notas. É ordem de Cabral e do secretário Wilson Risolia. Já confirmei com vários professores e é verdade. A ordem é aprovar todo mundo para dizer que a educação está melhorando no Estado do Rio de Janeiro:

Olá, bom dia. Sou professor da rede estadual e gostaria de denunciar que a Secretaria de Educação vem forçando professores e diretores a aprovarem em massa, mesmo alunos sem o mínimo de condições. Estipularam um percentual mínimo de reprovação por turma, não importando aspectos pedagógicos, ou seja, se os alunos têm ou não condições de serem aprovados. Há Diretores pressionando professores para que aprovem alunos, dando até 15 pontos por Bimestre, quando o máximo são 10, para aprovar alunos. Desta forma, são obrigados a mudarem a nota de bimestres anteriores. O Governo do RJ quer melhorar os índices da educação apenas maquiando os números. Os Conselhos de Classe estão sendo feitos desta forma, sob a base de ameaças a professores por parte de alguns diretores, que chegam ao cúmulo de dizer que vão negar o que dizem caso sejam denunciados. O pior é que alunos com bom desempenho, sabendo que colegas sem condições passaram o ano sem estudar sendo aprovados, estão colocando a culpa nos professores. Uma vergonha.
Ano que vem tem eleições, esse deve ser o objetivo do Cabral, apresentar bons índices. Se informem com o SEPE que ele irá confirmar a denúncia.


É assim que Cabral e o economista-secretário de Educação, Wilson Risolia querem mostrar resultados: falsificando notas dos alunos e aprovando todo mundo.