Manchete de O Globo; foto de Cabral e Ronald de Carvalho na inauguração do galpão vazio, reproduzida do Blog do Jeff Castro
Manchete de O Globo; foto de Cabral e Ronald de Carvalho na inauguração do galpão vazio, reproduzida do Blog do Jeff Castro


Pelo menos os jornais trazem hoje, que o TCU e o TCE decidiram ir fundo no caso do superfaturamento, da fraude fiscal e do golpe do empréstimo de R$ 4 milhões que Cabral deu ao empresário Ronald de Carvalho para implantar a fábrica que não fabrica nada e não passa de um galpão abandonado.

O Tribunal de Contas da União anunciou que vai investigar os gastos superfaturados, porque a verba veio do governo federal. Já o Tribunal de Contas do Estado informou que vai investigar o financiamento e os incentivos fiscais dados ao empresário amigo do Mão Grande.

Quanto ao Ministério Público nenhuma manifestação sobre o caso. Continuam não vendo nada de anormal. Não é mais caso de miopia. Isso é cegueira crônica.

Olha, neste fim-de-semana estive com um procurador de Justiça aposentado, mas que ainda tem muitos amigos na ativa, que me contou, que tem conversado com vários integrantes do MP, que se dizem incomodados com a atual situação. Esse amigo disse que tem dado uma olhada em vários sites, nos comentários das notícias sobre a corrupção do governo Cabral, e disse que ficou assustado com a quantidade de críticas pesadas ao Ministério Público.

É claro que existem muitos promotores e procuradores íntegros no MP – RJ. Eu mesmo conheço alguns pessoalmente, e outros acompanho o trabalho sério que fazem. O problema é que estão de mãos atadas. Por isso é natural que estejam desconfortáveis, porque não têm nada a ver com as “operações abafa” que protegem Cabral e sua turma, mas sabem que estão pagando pelos erros dos outros, porque a credibilidade e a imparcialidade do MP – RJ, na visão da sociedade esclarecida, estão seriamente comprometidas.


Em tempo (12h): Vejam abaixo o mini-editorial de O Globo cobrando providência do MP. Até o Globo cobra o MP!


Reprodução de O Globo
Reprodução de O Globo


Comentários