A cada dia o Grupo Facility e o “Rei Arthur” ampliam seus domínios na máquina estadual. Vencem todas as licitações. São imbatíveis. Controlam áreas estratégicas do DETRAN, da Saúde, da Segurança, estão em toda a parte. Nunca se viu uma farra tão grande com o dinheiro público, à vista de todos, e ninguém faz absolutamente nada.

No dia 28 de janeiro conforme poderão ver abaixo, duas semanas antes da queda do delegado Allan Turnowski, a FACILITY CENTRAL DE SERVIÇOS ganhou uma licitação de R$ 48 milhões na Polícia Civil para atuar numa área estratégica, o Sistema Estadual de Segurança. O “Rei Arthur” daqui a pouco manda mais do que o governador Sérgio Cabral.

Não se esqueçam que o Grupo Facility já controla o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, além de outras áreas do governo municipal.

Até o ano passado, o Grupo Facility tinha contratos somados entre o Estado e a prefeitura se aproximando de R$ 2 bilhões. Este ano até agora – só pelo que já foi denunciado aqui no blog já são mais R$ 143 milhões, mas deve ter mais.

Cabral e Paes estão entregando o Rio de Janeiro para o “Rei Arthur” administrar à distância, de Miami.


Documento oficial do resultado da licitação vencida pela Facility
Documento oficial do resultado da licitação vencida pela Facility