Garotinho e Rosinha: uma vitória do povo
Garotinho e Rosinha: uma vitória do povo



Acabou neste momento o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do meu recurso contra a decisão do TRE – RJ. Conforme eu sempre afirmei o TRE – RJ não podia ter feito o que fez. O julgamento nem entrou no mérito de qualquer eventual irregularidade praticada por mim.

O TSE decidiu anular o acórdão do TRE – RJ que me tornava inelegível e que cassava o mandato de Rosinha e de seu vice Dr. Chicão, e determinou que todo o processo retorne ao juízo de 1ª instância, no município de Campos dos Goytacazes, porque a decisão do TRE – RJ feriu o princípio do duplo grau de jurisdição e outros parágrafos do artigo 515 do Código de Processo Civil.

Agradeço a todos que sempre confiaram em mim. Aguardo vocês na minha diplomação.

Os nossos advogados agora estão dando entrada com uma petição para que Rosinha volte nas próximas horas ao comando da cidade de Campos, de onde foi tirada de forma covarde e injusta.


E agradeço principalmente a Deus, o verdadeiro juiz.

Comentários