Flávio Bolsonaro ganhou no TJ do Rio de Janeiro. Por dois votos a um, o tribunal decidiu que o caso dele será enviado ao Órgão Especial e sairá da primeira instância, mas as provas e as decisões do juiz Flávio Itabaiana, responsável pelas investigações desde outubro de 2018, serão mantidas.

Os desembargadores Paulo Rangel e Mônica Toledo votaram a favor da tese da defesa do senador de que ele tinha prerrogativa de foro no Órgão Especial do TJ.

O caso será retirado do juiz Flávio Itabaiana, que toca as investigações desde outubro de 2018.

REPRODUÇÃO: O ANTAGONISTA

Comentários