Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online
E lá vem o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que sonha com a candidatura à Presidência, com mais uma lorota. O fato de alguns alimentos terem baixado de preço, pelo menos no momento, não representa nenhuma melhora. A queda brutal do consumo em função da crise e do desemprego é que faz alguns preços caírem, aliado a questões do crescimento das safras de alguns produtos. Meirelles e Temer seguem aquela máxima de que uma mentira repetida mil vezes vira verdade. Isso até funciona em várias situações, na política acontece muito, mas não quando se trata do bolso das pessoas, isso as pessoas sentem no dia a dia, não adianta conversa fiada. Aliás, a produção industrial de agosto sofreu queda.

Comentários

04/10/2017

04:57

David - Camaçari

Esse nem brasileiro acredita

05/10/2017

12:22

Carlos Augusto Nogueira - CARLÃO - RJ

O que diminuiu muito nos super mercados foram as filas, o consumo, os compradores... Vai enganar CARVALHO...

05/10/2017

07:48

Getúlio - Viagem de avião

Pelo visto, continua desde o ex-governo Dilma Rousseff muita safadeza, principalmente, com os acreanos e rondonenses. http://economia.ig.com.br/2015-09-29/viajar-de-aviao-para-o-acre-custa-o-dobro-de-ir-a-nova-york.html