José Mariano Beltrame; abaixo, manchete da capa do Extra
José Mariano Beltrame; abaixo, manchete da capa do Extra


O secretário Beltrame cada hora inventa uma para tirar da reta a sua responsabilidade no caos da segurança pública. Agora, combinado com Pezão, e com a ajuda da Globo, Beltrame quer culpar a Justiça pela onda de arrastões que tomou conta da Zona Sul e da Barra no final de semana. Diz que a Justiça proibiu de fazer revistas de adolescentes em ônibus que vão para a praia. Mentira, e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Fernado Ribeiro de Carvalho respondeu à altura. O que a Justiça determinou é que não podem ser levados presos adolescentes que não estão praticando delitos, além disso o presidente do TJ colocou o dedo na ferida de Beltrame e disse o que eu afirmei aqui antecipadamente: Não havia policiamento nas praias e na Zona Sul. Todo mundo foi deslocado para o entorno no raio de 1 km do Rock in Rio. Essa é a verdade.

Comentários

22/09/2015

10:44

Demolidor - Rio de Janeiro

De olho na Baixada, Aluizio Gama entra para o PR http://www.elizeupires.com/index.php/2070-de-olho-na-baixada-aluizio-gama-entra-para-o-pr

22/09/2015

11:14

Orlando - RJ

O atual secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, no governo Pezão falando assim da Justiça do Rio, só pode está querendo passar a impressão que a Justiça está do lado da bandidagem. Pelo visto quem está do lado é o próprio secretário.

22/09/2015

11:23

Coletivo convoca moradores de favelas: 'farofaço' na Praia de Ipanema - Rio

Coletivo convoca moradores de favelas para 'farofaço' na Praia de Ipanema. Rio - Na contramão dos eventos organizados por 'justiceiros', que incitam através das redes sociais agressões contra menores infratores que praticam roubos na Zona Sul, um coletivo convocou moradores das favelas do Rio e da Zona Norte da cidade para um 'farofaço' na Praia de Ipanema. No lugar de paus, pedras e facas, os itens obrigatórios pedidos pelos organizadores são frango, farofa, refrigerante e muita animação. "E pra curtir a praia numa boa, estamos pedindo que tragam suas cangas, seus bronzeadores, protetores de sol, douradores de pelos, bola de futebol, seus isopores com cerveja e guaraná pra criançada, baldinho, piscinas de plástico pras crianças e pandeiro pro pagodão no fim de tarde, e um radinho pro pancadão!!!", diz trecho da descrição do evento organizado pelo Coletivo Papo Reto, do Complexo do Alemão. A intenção do grupo é ocupar a praia, território livre e democrático da cidade. "O bagulho é curtir uma praia bolada em um domingão ensolarado de nossa cidade linda! Afinal, também trabalhamos e pagamos impostos! Gostamos de praia! Gostamos tanto que queremos curtir a de Ramos e a de Ipanema também! Por isso vamos nos encontrar na Praça General Osório que é onde fica o ponto final do 483, 484 e fica próximo ao 455". O evento, marcado para domingo, já contava com mais de 2.700 confirmações de presença às 10h desta terça-feira. "Vai ter cooler cheio de latinhas da promoção do guanabara e se reclamar vai ter descoloração dos pelos com água oxigenada e amônia. O choro é livre!", disse uma jovem. Jornal O DIA 22/09/15 - E AGORA?, A PRAIA É TERRITÓRIO LIVRE E DEMOCRÁTICO, TODOS TEM O MESMO DIREITO, QUEM NÃO GOSTAR QUE NÃO VA MAIS AS PRAIAS, OU MUDE DE CIDADE

22/09/2015

11:32

Tiroteio entre policiais e traficantes assusta moradores do Rio - RJ

Tiroteio entre policiais e traficantes assusta moradores do Rio Comprido. Rio - Um tiroteio na manhã desta terça-feira assustou os moradores do Rio Comprido, na Zona Norte. De acordo com o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Escondidinho/Prazeres, PMs faziam patrulhamento na Praça Doce Mel, perto da base na comunidade dos Prazeres, quando foram atacados por bandidos armados. Durante o confronto, um policial torceu o pé e foi levado para o Hospital Central da PM, no Estácio. Os criminosos conseguiram fugir e o policiamento está reforçado na comunidade com o apoio de policiais militares de outras UPPs da região. Jornal O DIA 22/09/15 - MAIS UM DIA DA GUERRA SANGRENTA NA CIDADE DO RIO

22/09/2015

11:38

Homem é baleado dentro de supermercado Zona Sul, na Barra da Tijuca - Rio

Homem é baleado dentro de supermercado Zona Sul, na Barra da Tijuca. Um homem foi baleado dentro de um supermercado na manhã desta terça-feira na Avenida Érico Veríssimo, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Segundo a Polícia Militar, um rapaz entrou no estabelecimento da rede Zona Sul e fez um disparo. A vítima foi levada para o Hospital Lourenço Jorge, também na Barra da Tijuca. Não há ainda informação sobre seu estado de saúde, nem identificação. O autor do crime conseguiu fugir. Jornal Extra 22/09/15

22/09/2015

11:54

SABIAM QUE ESSE BELTRAME, OU BESTRUME..., É O SUPER HERÓI DA TUPI? - RJ

QUEM FOR LÁ, VAI CONFIRMAR O QUE VI, HÁ SÉCULOS!..., E QUE ESTOU DIZENDO. SÓ NÃO DESCOBRI ATÉ AGORA POR QUE ELE? "O QUÊ QUE ESSE CARA TEM", GAROTINHO? SERÁ QUE ELE JOGA NAS DUAS? SERÁ QUE ISSO É PAIXÃO OU É AMOR? "CURÚUUZES!!!..."

22/09/2015

12:47

TIRANDO POSSÍVEIS DUVIDAS... - RJ

https://scontent-mia1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpt1/v/t1.0-9/12004895_1183226745027301_381795028253830009_n.jpg?oh=c8970d31f0550b951b6bd203d7675823&oe=569707D0

22/09/2015

01:21

FRANKLIN LAUTERT - RIO

CARO GAROTINHO, É PRECISO PARAR CO ESSAS DISCUSSÕES IDIOTAS NAS REDES SOCIAIS. O QUE O RIO PRECISA- E HÁ MUITO TEMPO- É DE POLÍCIA NAS RUAS E NAS PRAIAS FAZENDO O POLICIAMENTO OSTENSIVO. ENTRETANTO, FICA O IDIOTA ESPERTO DO BELTRAME FILOSOFANDO SOBRE DIREITOS HUMANOS E NÃO PÕE A POLÍCIA ONDE ELA TEM DE ESTAR. SABEMOS QUE TUDO, COM GAROTINHO EXPLICA, É QUESTÃO DA FALÊNCIA DO ESTADO E DA FALTA DE DINHEIRO PARA PAGAR GASOLINA DAS VIATURAS, HORAS EXTRAS DE POLICIAIS, RANCHO DIGNO, MUNIÇÃO E TUDO MAIS. PEZÃO E A QUADRILHA DO CABRAL É RESPONSÁVEL POR TUDO ISSO.

22/09/2015

01:25

PEZÃO É O RESPONSÁVEL PELOS ARRASTÕES - RIO

PEZÃO É O RESPONSÁVEL PELA VIOLÊNCIA DO RIO PORQUE FALIU O ESTADO E NÃO PAGA ADEQUADAMENTE OS POLICIAIS. BELTRAME É SEU COADJUVANTE QUE NÃO LARGA O OSSO PORQUE QUER AFUNDAR JUNTO.

22/09/2015

02:33

CARA DE PAU - DISNEYLANDIA

É impressionante a cara-de-pau do secretário Beltrame. Todo mundo é culpado pela insegurança no Rio, menos ele. Tentou jogar a culpa na Prefeitura, no Judiciário e nos pais dos menores, mas se esquece de falar que o problema é a falta de policiamento e o desânimo dos agentes da lei para trabalhar. A Defensoria Pública apenas exigiu o que está na lei: o menor só pode ser apreendido se estiver cometendo crime. Isto é o óbvio, mas Beltrame acha que só quem pode ir à praia é quem tem dinheiro. O pobre deve ficar no seu lugar, longe da Zona Sul. Beltrame é o secretário dos ricos, da Globo e de Cabral. Seria mais honesto se ele admitisse que errou no planejamento e que vai se empenhar, porém a soberba lhe impede. Chega. PEDE PRA SAIR!!!

22/09/2015

05:32

Pobre País - Rio de Janeiro

Garotinho, não é só na zona sul que estão acontecendo arrastões. No Recreio, a situação é alarmante. No sábado, na minha frente assisti a um assalto. Um fingiu que ia atravessar, o motorista já idoso, parou e fez sinal para que ele passasse. Pois ele e mais quatro que estavam atrás do muro atacaram o motorista, roubaram e ainda bateram nele. Sem poder fazer nada, retirei-me de ré e liguei para a polícia. O Batalhão do Recreio tinha mais de 1.200 homens, agora tem menos de 400. Quando o poder não assume o seu papel e perde a credibilidade é nisso que dá. Os cidadãos trabalhadores e honestos estão presos dentro de casa, os bandidos vão acabar soltos para dar lugar aos políticos. Pobre País.

22/09/2015

06:58

Arrastões nas praias do Rio repercutem na imprensa internacional - Rio

Arrastões nas praias e ataque a ônibus no Rio repercutem na imprensa internacional. Jornais ressaltaram que onda de crimes acontece menos de um ano do início dos Jogos Olímpicos. RIO - As imagens de arrastões nas praias e ruas da Zona Sul do fim de semana, além do ataque ao ônibus que seguia para a Zona Norte por um grupo de ‘justiceiros’, correram o mundo. Jornais internacionais como o americano "New York Times" e o francês "Le Monde" repercutiram a notícia, e lembraram que a onda de violência acontece a menos de um ano do início das Olimpíadas, em agosto de 2016. “No mês passado, o chefe de uma missão de reconhecimento de uma comitiva olímpica internacional afirmou que a cidade iria sediar grandes Jogos, desde que resolvesse milhões de detalhes antes”, afirma a agência internacional AFP. O francês "Le Monde" descreve a cena dos arrastões nas areias e afirma que algumas pessoas ficaram feridas no ataque. O jornal cita ainda o caso de um policial que chegou a sacar a arma: “Um policial sequer se sentiu compelido a sacar sua arma. Esses incidentes levantam a questão da segurança nas praias da cidade, menos de um ano antes dos Jogos Olímpicos”. O "New York Times" cita a manchete do GLOBO sobre as reações dos justiceiros, que atacaram passageiros de um ônibus da linha 474, em Copacabana, no domingo. De acordo com a publicação, na segunda-feira os moradores e autoridades da cidade ainda tentavam entender a onda de violência que tomou conta da Zona Sul do fim de semana. Além da questão das Olimpíadas, a publicação americana lembrou ainda a crise econômica do país e a falta de preparo das autoridades locais para conter o aumento da criminalidade: "Em uma cidade que há muito é conhecida pela desigualdade escancarada, os incidentes causaram alvoroço em relação à falta de tática e preparação das autoridades locais para conter o que muitos temem ser o aumento da criminalidade e as tensões sociais, num momento em que o Brasil luta contra a recessão”, afirma a publicação, que acrescenta: "Os assaltos, realizados por grupos de jovens bandidos nas praias e calçadas lotadas, roubando qualquer coisa que eles conseguirem levar, acontece a menos de um ano das Olimpíadas de 2016. Eles coincidem com uma profunda crise econômica que expôs o abismo entre ricos e pobres". O Globo 22/09/15 - ESTA OLIMPÍADA VAI SER O MAIOR VEXAME DE TODOS OS TEMPOS QUE O BRASIL VAI PASSAR, CANCELA LOGO ESTA MERDA, A VERGONHA SERÁ MENOR

22/09/2015

08:10

'Nada mudou', diz diretor de vídeo de 1990 sobre praias do Rio - RJ

ARRASTÕES NA ZONA SUL: 'Nada mudou', diz diretor de vídeo de 1990 sobre praias do Rio. Vídeos de 1990 geram polêmica após arrastões: 'Rio não mudou', diz diretor. 'Os pobres vão à praia' foi exibido há mais de 2 décadas na TV Manchete. Reportagem é compartilhada em redes sociais e fomenta discussões. "A gente vê que o Rio não mudou nada. Fizemos programas sobre arrastão, sobre a guerra social, sobre todos esses fenômenos que acontecem, a luta do tráfico, a corrupção dentro da polícia. Algumas pessoas acham que isso começou hoje, mas isso está há dezenas de anos e o documentário é o testemunho disso", afirma. Do G1 Rio 22/09/15 - É LÓGICO QUE NADA MUDOU, SÓ O QUE MUDOU É O PREFEITO, GOVERNADOR, SECRETÁRIO DE SEGURANÇA E GLOBOSTA MENTINDO E FAZENDO PROPAGANDA ENGANOSA SOBRE O CAÓTICO RIO DE JANEIRO, E OTÁRIOS ACREDITANDO

22/09/2015

08:42

RIO A CIDADE DOS ARRASTÕES - RIO

Passageiros têm celulares roubados durante arrastão em trem da SuperVia. Um arrastão em um trem da SuperVia assustou os passageiros no começo da madrugada de segunda-feira, 23 de setembro. Três jovens anunciaram o assalto na estação Madureira e levaram os pertences de quem estava no primeiro vagão. Um dos assaltantes foi preso. Com Maxuel Cristiano da Silva, de 19 anos, foram encontrados sete aparelhos de telefone celular roubados dentro da composição do ramal Japeri. Valesca Gomes da Silva, de 20 anos, foi uma das vítimas. Ela embarcou na estação Madureira e teve o celular roubado. De acordo a estudante, os assaltantes levaram tudo o que viam pela frente: cartões de bilhete único, cartões, dinheiro e celulares. Jornal Extra 22/09/15

22/09/2015

08:51

Casa do diretor da TV Globo Wolf Maya é invadida por assaltante - Rio

Casa do diretor da TV Globo Wolf Maya na Estrada do Joá é invadida por assaltante. RIO — A casa de Wolf Maya, diretor da novela "I love Paraisópolis", da TV Globo, foi invadida por um assaltante na tarde desta terça-feira. Segundo a polícia, o bandido, identificado como Gabriel Luiz Gomes, de 23 anos, pulou o muro do imóvel na Estrada do Joá, em São Conrado, e rendeu duas filhas do diretor e o marido de uma delas, Caio Heitor Ornelas Braga, que estavam sozinhos na residência. As vítimas contaram que o criminoso simulou estar armado e roubou um computador, um celular, um relógio e cerca de R$ 200 em dinheiro. Jornal Extra 22/09/15

22/09/2015

09:41

Carlos Peçanha - Rio de Janeiro

É certo que o policiamento foi desviado, mas a culpa realmente é da Justiça que quer aparecer, Garotinho, a polícia estava agindo PREVENTIVAMENTE retirando menores dos ônibus antes de chegarem às praias, isso gerou a ação da Defensoria contra a PM, ora, menores só de bermudas, sem dinheiro, como iam pagar a passagem?????? Isso é "direito de ir e vir"? Se for, Garotinho, não vou mais pagar pedágio, vou andar de ônibus e metrô de graça, pode? A PM agia preventivamente, é óbvio que quem sai de casa só com a bermuda no corpo, entra num BRT ou ônibus normal sem pagar é porque vai criar confusão, chega de baderna, chega de demagogia, deixem a PM trabalhar!!!!!

22/09/2015

09:53

JDias - PORCIÚNCULA

Nada sabemos se é por ingenuidade ou por má fé, mas tudo que se fizer que venha a denegrir a imagem das polícias, ainda que seja a mais cristalina verdade, funciona como adubo, para fortificar as ações dos decaídos anjos do mau que agem sorrateiramente minando os alicerces da Nação Brasileira. PENSE NISSO !!.

23/09/2015

03:20

eduardo marins - duque de caxias

o mais incrivél é que nimguem vai atrás do governador pezão, alias cade ele? o rio pegando fogo e só aparece o beltrame? será que o rio tem dois governadores? tá tudo dominado