Reprodução do site Brasil 247
Reprodução do site Brasil 247


Como podem ver a situação das empresas de Eike Batista está igual a paciente terminal, só um milagre o salva. E para completar, a esta altura, com o clima nas ruas, nem Lula, nem Dilma arriscariam a pele para forçar a PETROBRAS ou o BNDES a socorrer Eike.

Mas vejam que tremenda coincidência. Por motivos diversos, Cabral e os dois grandes empresários que patrocinavam suas farras pelo mundo junto com a Gangue dos Guardanapos, e emprestavam jatinhos, Eike e Fernando Cavendish, da Delta, estão no fundo do poço.

Comentários