Me encontro em Campos pronto para exercer o meu direito de cidadão votando amanhã. Por telefone tenho conversado com companheiros que são candidatos a prefeito em todo o estado. Só há uma unanimidade: a crítica ao partidarismo do TRE - RJ comandado por Luiz Zveiter, cabo eleitoral de Sérgio Cabral.

Muitas críticas também aos bilhões injetados por Cabral nas últimas semanas para tentar reverter a derrota de seus candidatos na maioria das cidades do estado. O uso da máquina pública foi vergonhoso, ao ponto de um prefeito estar hoje na véspera da eleição asfaltando ruas com dinheiro do programa Asfalto na porta de sua casa, distribuído por Sérgio Cabral.

Amanhã quem mentiu vai aumentar o seu descrédito junto à população. Por exemplo, consultei agora há pouco o site do TSE, e lá está claro que os votos dados a Arnaldo Vianna (PDT) na eleição em Campos serão computados como nulos, enquanto aqueles dados a Rosinha e os demais candidatos serão computados como válidos. O jornal Folha da Mentira enganou os eleitores durante todo o tempo tentando fazer parecer que a situação de Arnaldo e Rosinha era a mesma. Chegaram até a insinuar que a decisão do TSE que autorizou a candidatura de Rosinha monocráticamente pelo ministro Marco Aurélio teria sido algum privilégio. Para quem não sabe 96% das decisões do TSE nesse pleito foram monocráticas devido à grande quantidade de recursos vindos dos mais 5.500 municípios brasileiros. Apenas um número ínfimo foi levado ao plenário quando havia alguma controvérsia.

Amanhã quando o site do TSE começar a apresentar os resultados e os votos dados a Arnaldo Vianna aparecerem zerados pela quarta eleição consecutiva, os poucos leitores que ainda na Folha da Mentira se sentirão mais uma vez enganados, ludibriados.

A maioria dos candidatos com quem falei por telefone ainda está participando de carreatas buscando o voto dos indecisos. Em algumas cidades do estado como por exemplo, São Pedro da Aldeia, onde a nossa candidata Elisângela Lobo substituiu o seu marido há 10 dias, a eleição será disputada voto a voto. Em Miguel Pereira, o TSE corrigiu injustiça feita ao nosso candidato André Português e concedeu há duas horas atrás o seu registro que havia sido negado pelo TRE - RJ.

Enfim, o Brasil amanhã vai às urnas, e para quem costuma fazer prognósticos ou traçar conjunturas antecipadas quero fazer a minha. Seja qual for o resultado da eleição, ela nada vai influenciar na sucessão presidencial. Eleição municipal julga a administração local, o bairro, a cidade onde se vive. Eleição para presidente é outra história.

Comentários