Reprodução da Folha da Manhã, de Campos
Reprodução da Folha da Manhã, de Campos


Chega a ser ridículo o que está acontecendo na cidade de Campos por influência de Sérgio Cabral e do presidente do TRE - RJ, desembargador Luiz Zveiter. Fragorosamente derrotado nas urnas já que a pesquisa interna em nossas mãos aponta quase 80% dos votos válidos para Rosinha e a eleição de 21 dos 25 vereadores, partiram descaradamente para o tapetão.

A manchete de hoje na Folha da Manhã, jornal da oposição, diz tudo: "Ministério Público quer barração de Rosinha por postes rosáceos".

É clara a intenção de tumultuar o processo eleitoral. Toda a campanha de Rosinha é baseada na cor rosa, e não roxa, como bem mostra a foto da pintura dos postes na reprodução acima. Além disso, a prefeita ao tomar conhecimento de que estavam sendo pintados postes com a cor roxa, determinou imediatamente ao presidente da Empresa Municipal de Transportes que suspendesse a pintura, antes mesmo que a Justiça fizesse.

Jamais pensei em ver em plena democracia o que se estabeleceu no Rio de Janeiro. Sucessivos golpes, manobras sujas e até mesmo corrupção para garantir o poder na mão dos maus.

Há outros casos alarmantes como o de Nova Iguaçu, onde os dois candidatos a prefeito têm vice do PR, o do PMDB e do DEM e a eleição poderá não ser realizada no próximo dia 7. Desordem, falta de respeito aos princípios republicanos, parcialidade, escolha uma palavra que simbolize algo de errado e qualquer uma delas poderá se encaixar no TRE - RJ.

A única força política que tem resistido a este massacre político, financeiro, jurídico, institucional somos nós que não vamos nos curvar a essa gente que implantou um novo tipo de ditadura.

A Constituição do Brasil é clara "todo o poder emana do povo e em seu nome deve ser exercido". Mas na maioria das cidades do Rio de Janeiro, o TRE - RJ está querendo tirar do povo o direito que Constituição lhe garante.

Comentários