Este feriado está sendo diferente para muitos deputados estaduais que estão em polvorosa, desesperados após a condução coercitiva de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi. Sabem que um tsunami arrasará a ALERJ, é só questão de tempo. É a turma da "caixinha da Fetranspor". Passaram o dia de ontem pendurados no telefone querendo saber notícias sobre a Operação Cadeia Velha e aguardando instruções de Jorge Picciani.

Comentários

15/11/2017

02:11

Igor - RJ

No julgamento de quinta feira (16/11), que decidirá sobre a prisão do trio de rapinadores Picciani, Paulo Mello, Albertasi, estou curioso para saber a posição do des. Ivan Athie.

15/11/2017

02:50

Marcio - Nilópolis

O Zap de Pezão para Picciani ficou registrado no celular do presidente da Assembleia do Rio. “Presidente qnd estiver c o Presidente hoje reforça c ele pra pedir c os líderes o apoio ao projeto de recuperação fiscal e se tiver chance pede pra ele reconduzir o Herbert no TER, importantíssimo.” + Não há um chefe mor, mas um comando horizontal da grande conf

15/11/2017

02:51

Marcio - Nilópolis

O governo Michel Temer publicou no Diário Oficial da União, de 30 de maio deste ano, o decreto de 29 de maio que registra a recondução de Herbert de Souza Cohn. “O presidente da República, no uso da atribuição que lhe conferem o art. 84, caput, inciso XVI, o art. 120, § 1º, inciso III, e o art. 121, § 2º, da Constituição, e de acordo com o que consta do Processo nº 08000.033082/2017-37 do Ministério da Justiça e Segurança Pública, resolve reconduzir Herbert de Souza Cohn para compor o Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro, no cargo de Juiz Substituto”, aponta o Diário Oficial.

15/11/2017

05:28

Paulo - São Paulo

Gostaria q comentasse sobre a Cidinha Campos. Discursso moralista e é amiga intíma do Cabral. Será q ficou muda.

15/11/2017

07:03

Berilo - Rio de Janeiro

Fui comprar Lexotan. Porém, aqui no Rio, o estoque acabou. Por que será?

16/11/2017

07:16

Reinaldo Luiz - Rio de Janeiro

Enfrentar empresários de ônibus é mais fácil do que concessionárias como a do Metrô, que tem como presidente um ex-ministro do governo Dilma. Parte do Ministério Público é petista, por isso que quando houve a aliança entre PT e PMDB, o PMDB foi exaltado pelas autoridades, só depois do impeachment da Dilma é que o PMDB virou vilão, antes o Cabral era considerado petista amigo do Lula, e muitos eleitores petistas foram fundamentais para a reeleição de Cabral e Pezão.

16/11/2017

09:10

Roni Azevedo - Rio de Janeiro

O PMDB precisa ser banido do Estado do Rio de Janeiro,seus integrantes formaram a maior quadrilha da história da República! Eleitores o poder está em suas mãos!

16/11/2017

11:15

Luiz - S.Gonçalo

Cadeia velha neles.