Visitantes online: 1860
logo topo

sexta-feira, 24 de março de 2017

08/03/2017

10:47

Garotinho ao vivo ao meio-dia

ATENÇÃO: em função de adaptações técnicas que estamos adotando para a estreia do programa Fala Garotinho, 2ª feira, às 9h, na SUPER RÁDIO TUPI, faremos um Live hoje as 12h, que vocês podem acompanhar aqui no blog ou pelo Facebook. Vamos conversar sobre os novos horários do Campos Fala Garotinho e do Encontro Marcado, vamos falar das notícias do dia e também explicaremos como será sua forma de participação e como você pode compartilhar nossos programas e multiplicar essa corrente do bem. Espero vocês às 12h!

07/03/2017

19:04

Executivo da Odebrecht complica situação de Temer em depoimento ao TSE

Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Cláudio Melo Filho confirmou ao ministro do TSE, Herman Benjamin que se reuniu com Michel Temer, que pediu dinheiro para a campanha eleitoral de 2014. É o que já havia contado na sua delação premiada. Isso contraria a tese da defesa de Temer, que defende que ele era presidente do PMDB e candidato a vice, mas não teria participado de pedidos de doações nem se envolvido com o dinheiro da campanha.

07/03/2017

17:58

Mulheres vão à luta pedir a saída de Temer

Em dezenas de cidades de todo o país haverá atos amanhã para marcar o Dia Internacional da Mulher. Além das causas e lutas femininas tradicionais, como a violência, este ano serão realizados vários protestos contra o governo Temer. Abaixo algumas cidades que têm manifestações programadas.

Rio de Janeiro - 16h
Candelária

São Paulo - 16h
Avenida Paulista, em frente ao MASP

Nova Iguaçu - 16h
Praça dos Direitos Humanos

Petrópolis - 17h30
Praça da Inconfidência

Volta Redonda - 18h
Praça Juarez Antunes

07/03/2017

17:11

Pezão e o dilema de quem pagar primeiro

A situação é simples. Como mostrei ontem, aqui no blog, o décimo dia útil, quando deveria ser pago o salário do mês de fevereiro é na próxima terça-feira (14). Acontece que pelo parcelamento do salário de janeiro, para cerca de 100 mil servidores, as últimas três parcelas estão previstas para depois do dia 14 (15, 21 e 23 de março).

Pezão tem medo de atrasar o pagamento do pessoal da segurança. Mas como pagar fevereiro para as polícias Civil e Militar, Bombeiros e agentes penitenciários, se não pagar antes janeiro para 100 servidores? Esse é o dilema de Pezão. Tem gente próxima a ele defendendo que pague a segurança e deixe o salário de janeiro que falta para depois, alegam que são categorias que têm pouco poder de mobilização. Vai ser uma tremenda confusão.

E existe o risco de no início de abril haver novo bloqueio das contas estaduais. Aí a situação vai complicar-se ainda mais.

07/03/2017

16:00

Procurador do MP-RJ compara corrupção do Rio de Janeiro ao Maranhão

O novo Procurador Geral de Justiça do Estado do Rio, Eduardo Gussem, que tomou posse em janeiro, foi cirúrgico na sua análise da grave situação que vive o nosso estado: "Nós, do Rio de Janeiro, sabemos muito bem os efeitos danosos e deletérios que o descaso e a corrupção trazem para a nossa sociedade. Ostentamos, juntamente com o estado do Maranhão, o posto de pior ambiente de negócios do Brasil. As principais mazelas e fraudes ocorrem aqui em nosso estado". A que ponto o Rio de Janeiro chegou com Cabral e Pezão. Hoje somos comparados ao Maranhão nas mazelas, nas fraudes, na corrupção.

Aliás, não custa lembrar um episódio deprimente ocorrido há alguns anos, logo depois de Eduardo Paes ter sido eleito prefeito. Cabral e Paes estavam em Brasília quando encontraram o senador José Sarney. Cabral pediu a Paes para beijar a mão do "mestre", no caso Sarney. Bem, Cabral chamava Sarney de "mestre", mas ele superou-o e muito em matéria de corrupção.

Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

07/03/2017

14:46

O argumento pífio de Michel Temer

Reprodução da Folha de S. Paulo
Reprodução da Folha de S. Paulo

O presidente Michel Temer reuniu hoje o Conselhão (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social). E saiu em defesa da Reforma Previdenciária com um argumento inacreditável. Segundo Temer só reclama quem ganha mais, alega que 63% dos trabalhadores brasileiros ganham salário-mínimo, portanto têm a aposentadoria integral garantida. Bem, pela lógica de Temer esses 63% dos trabalhadores vão ficar no salário-mínimo a vida inteira, não devem esperar uma melhora salarial. Muitos não estão reclamando porque não têm informação. E quem é que bate palmas para a obrigatoriedade de trabalhar 49 anos para ter direito a aposentadoria integral? Temer vai ver muito em breve o povo na rua contra essa reforma.




07/03/2017

13:31

Testemunhas e acordos de delação selam o destino de Cabral

Reprodução do G1
Reprodução do G1

Sérgio Moro começa a ouvir as testemunhas de acusação no processo que Sérgio Cabral responde na Lava Jato. É sobre as propinas cobradas na obra do COMPERJ. No Rio, o juiz Marcelo Bretas também vai começar a ouvir as testemunhas de acusação nos quatro processos em que Cabral é réu. Além disso tem a Ação Civil Pública sobre o uso privado dos helicópteros do Governo do Estado, além de ações populares que tramitam na Justiça. Enquanto isso seguem as delações premiadas que estão trazendo à tona outros casos de corrupção do ex-governador e sua quadrilha. A fila no Ministério Público Federal do Rio aumenta a cada dia, principalmente de empresário que fizeram esquemas e pagaram propinas a Cabral, que sabem que a Operação Calicute vai chegar neles, por isso estão se antecipando com medo de serem presos numa próxima etapa que, por sinal, está prontinha para decolar.


07/03/2017

12:37

Eduardo Cunha agradece

Osmar Serraglio (PMDB-PR) com Eduardo Cunha; ao lado André Moura (PSC-SE)
Osmar Serraglio (PMDB-PR) com Eduardo Cunha; ao lado André Moura (PSC-SE)

Toma posse às 15h30 o novo ministro da Justiça, Osmar Serraglio (PMDB-PR). Para quem não está ligando o nome à pessoa, Serraglio, como presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, fez todo o tipo de manobra para tentar salvar o mandato de Eduardo Cunha. Agora o amigo de Cunha vai comandar a Polícia Federal. E ontem o Palácio do Planalto confirmou que o deputado André Moura (PSC-SE), um dos principais aliados de Eduardo Cunha, é o novo Líder do Governo no Congresso. Do presídio de São José dos Pinhais, no Paraná, Cunha agradece.

07/03/2017

10:53

Encontro Marcado com Garotinho (Terça - 07/03)

07/03/2017

08:39

O plano de Cabral para saquear o Rio de Janeiro

Reprodução do blog de Lauro Jardim, do Globo
Reprodução do blog de Lauro Jardim, do Globo

A força-tarefa da Operação Calicute acertou na mosca. É claro que o plano principal de Sérgio Cabral e sua quadrilha era saquear os cofres estaduais, já disse isso aqui no blog há muito tempo. Cabral chegou ao governo como homem rico, fruto da corrupção quando era presidente da ALERJ, mas pretendia sair multimilionário, como de fato aconteceu. Só não estava no plano terminar em Bangu 8 junto com a quadrilha, uns já estão lá, outros estão a caminho. Tanto assim que o principal projeto do seu governo, a "pacificação" e as UPPs não passou de uma farsa para enganar a população e manter a quadrilha no poder, como hoje todos já perceberam. Para Cabral o governo era apenas um balcão de negócios sujos. E para garantir a impunidade cooptou integrantes de outros poderes. Só não contava que o Ministério Público Federal fosse investigá-lo, porque até a Polícia Federal, por conta das gestões de Beltrame, Cabral achava que estava sob controle. Não é à toa que Cabral quando foi candidato a prefeito em 1996 dizia na sua propaganda que tinha outros valores. Nós sabemos muito bem quais são os valores de Cabral. E ainda falta vir à tona muita lama na roubalheira de Cabral e sua quadrilha. Só não será surpresa para os leitores do blog que conhecem muito bem as falcatruas dessa quadrilha, denunciada há quase 10 anos.

06/03/2017

19:26

Mulheres vão às ruas pedir "Fora Temer"

Depois de amanhã é o Dia Internacional da Mulher. Este ano uma das pautas das manifestações que coletivos e movimentos femininos levarão às ruas de todo o país é a luta contra a reforma previdenciária. O lema é "Aposentadoria fica, Temer sai". São as águas de março que estão chegando e podem lançar um temporal sobre o Palácio do Planalto. Não se esqueçam que uma grande manifestação está sendo convocada pelos movimentos que atuam nas redes sociais para o dia 26 de março. O objetivo é dar força à Lava Jato. Até lá, certamente, já terá sido divulgada a segunda lista de Janot. Os organizadores queriam poupar Temer, mas não vão conseguir controlar o ímpeto da opinião pública. A questão é saber qual vai ser a intensidade e a adesão ao "Fora Temer".

06/03/2017

18:15

O sujo falando do mal lavado

Eduardo Paes no Desfile das Campeãs; ao lado nota da coluna de Ancelmo Gois, do Globo
Eduardo Paes no Desfile das Campeãs; ao lado nota da coluna de Ancelmo Gois, do Globo

Chega a ser engraçada declaração do ex-prefeito Eduardo Paes, que passa uma temporada em Nova Iorque, mas veio ao Rio para desfilar com a Portela no Desfile das Campeãs, ao ser questionado sobre a crise que assola o Estado do Rio de Janeiro: "Pezão demorou um pouco para perceber, lá atrás, o que estava acontecendo". Até parece que o Rio quebrou por falta de visão de Pezão ou Cabral. Todo mundo sabe que o Rio está no fundo do poço, principalmente, por causa da roubalheira desenfreada da quadrilha do PMDB. Claro que Paes finge que não sabe de nada, afinal está atolado na lama até o pescoço. É o sujo falando do mal lavado. A diferença entre os personagens é que a roubalheira de Cabral está vindo toda à tona, dia após dia, no caso de Pezão está só começando a aparecer, e com relação a Paes ainda vai estourar, por enquanto são só indícios.

06/03/2017

17:12

O que se fala nos corredores da ALERJ

Reprodução do site da revista Piauí
Reprodução do site da revista Piauí

Não faço brincadeiras com religião, que para mim é coisa séria, respeitando a crença de cada um. Além disso acho que cada um tem o direito de se arrepender e querer se redimir perante Deus. Isso também vale para Sérgio Cabral e Jorge Picciani. Mas fora do campo espiritual ambos vão ter que enfrentar a Justiça dos homens. Por isso reproduzo o que um deputado estadual me contou que rola à boca pequena nos corredores da ALERJ sobre o Pai Nosso que Cabral e Picciani teriam rezado em Bangu 8, como mostra a reportagem da revista Piauí, edição de março, que traça um perfil do presidente da ALERJ, chamado de "Rei do Gado", como nós o apelidamos há vários anos, aqui no blog. Segundo um parlamentar, a dupla é adepta do "venha a nós tudo, ao vosso reino (do povo) nada".

06/03/2017

16:01

Propaganda enganosa do PMDB é mais um tiro no pé

Não sei quem é o pai dessas ideias, mas a campanha que o PMDB espalha na internet e nas redes sociais, como disse no título desta postagem, é um tremendo equívoco, um tiro no pé. Dizer que se a reforma da Previdência não for aprovada vão acabar todos os programas sociais, a começar pelo Bolsa Família, é um terror desnecessário. Ou alguém imagina que com esse argumento, na base do medo, a reforma da Previdência vai angariar o apoio da população?

E dizer que "sem o PT o Brasil melhora", com mais empregos, mais riqueza e mais crescimento, na atual conjuntura é piada de mau gosto. Recente pesquisa do Instituto Paraná, divulgada na metade de fevereiro, revelou que apenas 7,2% dos brasileiros acham que alguma coisa melhorou com Temer na Presidência da República; para 27% a situação piorou; e 65% dizem que nada mudou. Dá para perceber que não é só o governo Temer que vai no caminho errado, a propaganda também segue um rumo que não vai melhorar em nada a situação. Me engana que eu gosto!

06/03/2017

15:08

Dívida de Pezão com servidores cada vez aumenta mais

Reprodução do Extra
Reprodução do Extra

Vai demorar muito para Pezão colocar em dia o que deve aos servidores estaduais, concursados e em cargos de confiança. Raciocinem comigo.

A folha mensal, incluindo aposentados e pensionistas, passou para R$ 2,2 bilhões. O salário de janeiro, de acordo com o parcelamento divulgado, caso não haja mais nenhum bloqueio nas próximas duas semanas, só terminará de ser pago no próximo dia 22.

10/03 - R$ 295
13/03 - R$ 991
15/03 - R$ 979
21/03 - R$ 3.006
22/03 - Restante

Pelo calendário - já alterado - o salário deveria ser pago até o décimo dia útil do mês seguinte. Se fosse valer o salário de fevereiro deveria ser quitado na próxima terça-feira (14). Mas como podem notar no dia 14 ainda estarão faltando três parcelas do salário de janeiro. Nesse dia a dívida com o funcionalismo pulará para R$ 4,2 bilhões, incluindo a folha de fevereiro. Isso é mais do que os R$ 3,5 bilhões que Pezão pretende pegar emprestado, dando a CEDAE como garantia.

O empréstimo só poderá ser liberado depois da aprovação do projeto da recuperação fiscal, que precisa passar pela Câmara e pelo Senado, além das medidas que precisam ser votadas na ALERJ, como aumento da contribuição previdenciária. Nada disso estará resolvido antes de abril. E os trâmites burocráticos para o dinheiro chegar aos cofres do Rio vai levar mais quase um mês, de acordo com os técnicos. Logo, na prática não chegará o socorro antes do final de abril, isso na hipótese mais otimista, caso não apareçam novos entraves.

Como podem perceber até lá a dívida com os servidores será ainda maior. E é bom lembrar que no início de abril vencem mais R$ 500 milhões em empréstimos contraídos pelo Estado, que não terá dinheiro para honrar os compromissos, o que gerará inevitavelmente novos bloqueios no próximo mês. Quando os R$ 3,5 bilhões vierem, podem apostar, que essa dívida estará perto do dobro do dinheiro que vai entrar. E estamos falando só da dívida com o funcionalismo, fora as outras.

Ressalto que embora quase ninguém fale pior ainda é a situação dos terceirizados. Como Pezão não paga as empresas, milhares de pessoas não recebem há mais de seis meses.

A conclusão é óbvia: ainda não chegamos ao fundo do poço, por mais que a situação seja desesperadora.

06/03/2017

13:51

Palácio do Planalto ganha tempo e paga pra ver no caso de Eliseu Padilha

Reprodução da Folha de S. Paulo
Reprodução da Folha de S. Paulo

Para preservar Michel Temer e tentar poupá-lo na ação que corre no TSE, que pode cassar a chapa Dilma - Temer, a estratégia é jogar aos leões, no caso à Justiça, o ministro licenciado da Casa Civil, Eliseu Padilha. Se o grande amigo de Temer, assessor especial da Presidência, José Yunes diz que serviu de "mula involuntária" de Padilha no episódio do pacote deixado pelo doleiro Lúcio Funaro, podemos dizer que o ministro licenciado agora vai servir de "bucha". Como eu já havia previsto aqui no blog, Eliseu Padilha não retornou hoje ao cargo, prorrogou sua licença até o final desta semana, e não foi por motivos de saúde, pela recuperação da cirurgia da próstata. O Palácio do Planalto quer ver qual vai ser a reação polícia, uma vez que o Congresso retorna ao trabalho amanhã. Mas o problema de Padilha não se resume à delação da Odebrecht, a Andrade Gutierrez também delatou situação semelhante sobre pedido de dinheiro, que teria ocorrido no Palácio do Jaburu, residência do então vice-presidente Michel Temer, e que teria sido efetivado através do ministro hoje licenciado. Já tem gente dentro do próprio PMDB apostando que Padilha não voltará mais ao Palácio do Planalto. Vamos ver quanto tempo ele vai ter de sobrevida política.

PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 ProximoUltimo