Visitantes online: 193
logo topo

quinta-feira, 2 de julho de 2020

31/03/2020

20:21

O que vai pela cabeça de Cabral

Em conversas com colegas de Bangu 8, Sérgio Cabral tem dito que está convencido que há uma articulação de setores do Judiciário com aliados de Lula, Aécio Neves e políticos do MDB nacional para travar sua delação premiada, homologada pelo STF em fevereiro.

REPRODUÇÃO: BLOG DO LAURO JARDIM

31/03/2020

19:00

É bom relembrar...

31/03/2020

14:00

É bom relembrar...

31/03/2020

08:00

É bom relembrar...

30/03/2020

19:00

É bom relembrar...

30/03/2020

14:47

PROJETOS NA CÂMARA PROPÕEM SUSPENDER COBRANÇA DE CONSIGNADO

Foram protocolados na Câmara dois projetos de lei prevendo a suspensão da cobrança de parcelas de empréstimo consignado, enquanto durar a crise da pandemia do coronavírus.

As propostas foram apresentadas pelos deputados federais Clarissa Garotinho, do PROS do Rio de Janeiro, e José Guimarães, do PT do Ceará, com grande apoio de seus partidos.

O projeto de Clarissa prevê a suspensão das parcelas, que serão redistribuídas depois da crise, e a suspensão de juros sobre o saldo devedor neste período.

O INSS reduziu, de 2,08% para 1,80% ao mês, o teto de taxa de juros dos empréstimos consignados, mas os deputados julgam necessário ir além.

Fora os aposentados e pensionistas, assíduos desse tipo de produto bancário, famílias costumam recorrer ao consignado no começo do ano, para comprar material escolar para os filhos ou para pagar impostos como IPTU e IPVA.

REPRODUÇÃO: ÉPOCA

30/03/2020

14:00

É bom relembrar...

30/03/2020

08:00

É bom relembrar...

29/03/2020

19:00

É bom relembrar...

29/03/2020

14:00

É bom relembrar...

29/03/2020

08:00

É bom relembrar...

28/03/2020

20:45

Papo Reto com o Garotinho

28/03/2020

19:00

É bom relembrar...

28/03/2020

14:00

É bom relembrar...

28/03/2020

11:00

Wladimir pede isenção de IR para profissionais da saúde

REPRODUÇÃO DO BRASÍLIA IN FOCO
REPRODUÇÃO DO BRASÍLIA IN FOCO
Deputado Federal Wladimir Garotinho faz indicação legislativa ao Ministro da Economia Paulo Guedes, para que seja encaminhada proposta ao Congresso Nacional a fim de conceder isenção de Imposto sobre a Renda da Pessoa Física no ano de 2020 aos médicos e trabalhadores da área de saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia da transmissão do vírus COVID-19, como forma de incentivar o preenchimento de vagas em aberto, suprindo a demanda reprimida de profissionais.

28/03/2020

08:00

É bom relembrar...