Visitantes online: 80
logo topo

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

15/06/2020

13:44

Força-tarefa mira suposto desvio de recursos para a Covid-19 em Cabo Frio

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) iniciaram nesta segunda-feira (15) a Operação Exam, contra um suposto esquema de desvio de recursos para a Covid-19 e na Saúde de Cabo Frio, na Região dos Lagos do RJ.

A PF e o MPF afirmam que as irregularidades podem ter causado um prejuízo de mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos, "prejudicando o combate à pandemia do coronavírus na Região dos Lagos".

Agentes saíram para cumprir mandados de busca e apreensão em Cabo Frio e em endereços na capital, São Pedro da Aldeia, São João de Meriti, Nova Iguaçu e Miracema - mais Vila Velha, no Espírito Santo.

São 28 alvos, dentre residências, empresas e órgãos públicos, sendo 14 pessoas físicas, 11 empresas e três órgãos públicos. Um dos locais é a sede da secretaria municipal de Saúde, em Cabo Frio.

Foram mobilizados 90 agentes da Polícia Federal e 15 da Controladoria Geral da União (CGU).

A “Operação Exam” investiga desvios de recursos na área da saúde e do combate à pandemia em Cabo Frio, na Região do Lagos do Rio de Janeiro.

Segundo o MP Federal, a investigação começou antes da pandemia, com um aprocedimento do MPF, anterior à pandemia, que apurava licitações e contratos para a realização de exames laboratoriais

“O planejamento inicial era a realização de operações após passada a pandemia, uma vez que o MPF vem se colocando a favor de medidas restritivas, inclusive, quando for o caso, do isolamento social. Mas verificou-se a necessidade de se antecipar a ação", afirmou o procurador da República, Leandro Mitidieri.

Com a colaboração da Controladoria-Geral da União, a força-tarefa passou a inspecionar a aquisição e a distribuição de remédios.

No âmbito do inquérito instaurado na PF, as apurações recaíram sobre os recursos federais para combate ao Covid-19 no município.

O que diz a Prefeitura de Cabo Frio

A Prefeitura de Cabo Frio informou, em nota, "que as denúncias têm como alvo principal contratos firmados na gestão anterior e que irá colaborar com toda e qualquer investigação. Esclarece ainda que preza pela transparência e toda informação sobre a verba federal destinada para o combate ao Covid-19 é encaminhada para Câmara de Vereadores e órgãos competentes. As informações também estão disponíveis no Portal da Transparência."

REPRODUÇÃO: G1

15/06/2020

08:00

É bom relembrar...

14/06/2020

20:00

É bom relembrar...

14/06/2020

14:00

É bom relembrar...

14/06/2020

08:00

É bom relembrar...

13/06/2020

23:41

Denúncias de corrupção mancham imagem de Witzel

REPRODUÇÃO: AGENDA DO PODER
REPRODUÇÃO: AGENDA DO PODER

13/06/2020

20:00

É bom relembrar...

13/06/2020

14:00

É bom relembrar...

13/06/2020

10:15

O Garotinho está no ar! Programa FALA CAMPOS - Rádio Difusora Sábado, de 10h às 12h

13/06/2020

08:00

É bom relembrar...

12/06/2020

20:02

Feliz Dia dos Namorados!

Querida,te entreguei o meu amor e minha vida, faça de mim seu namorado, eternamente apaixonado, pelo segredo da Rosa.

Te amo infinitamente,
Garotinho.

12/06/2020

20:00

É bom relembrar...

12/06/2020

14:00

É bom relembrar...

12/06/2020

08:00

É bom relembrar...

11/06/2020

20:15

Compromisso com a verdade

É lamentável que alguns veículos de comunicação continuem envolvendo o meu nome e o da minha esposa, Rosinha Garotinho, em fatos da mesma natureza que levaram outros ex-governadores do Rio à prisão e que agora recaem sobre Wilson Witzel.

A verdade é que eu e Rosinha jamais fomos presos em decorrência de investigações relacionadas à nossa gestão à frente do governo do estado. No nosso caso, fomos vítimas da perseguição de juízes eleitorais e promotores de Campos dos Goytacazes, com acusações infundadas a respeito de fatos ocorridos naquela cidade.

Não por acaso, os tribunais superiores restituíram a verdade reiteradas vezes, tornando sem efeito decisões de instâncias inferiores que visavam unicamente atacar o meu grupo político. Agora, está mais do que na hora de a imprensa seguir o mesmo caminho.

É importante ressaltar ainda que as denúncias contra corrupção no Estado do Rio foram feitas por mim, em 2012, em notícia-crime encaminhada à PGR, em Brasília.

11/06/2020

20:00

É bom relembrar...